Imagens aéreas fotografadas com um drone, mostrando a torre da estação Central do Brasil e suas plataformas.
Supervia

SuperVia é multada por má prestação de serviço

A concessionária SuperVia foi multada no valor de R$ 50 mil por dia, por danos patrimoniais e morais, individuais e coletivos causados aos consumidores. Os desembargadores da 16ª Câmara Cível mantiveram a penalidade, em uma ação civil pública que tinha como objetivo a adoção de medidas preventivas e reparadoras pela operadora. A ação afirma que existe risco a vida e a integridade física dos usuários.

Já a empresa que opera os trens afirma que fez melhorias no sistema como “a compra de 120 novos trens com ar-condicionado (todos em operação) e as substituições de trilhos, rede aérea e dormentes”.

De acordo com a operadora, em 2011 as composições apresentavam avarias a cada 23 mil quilômetros rodados, e atualmente, essas composições viajam por aproximadamente 513 mil quilômetros sem apresentar qualquer tipo de falha.

A SuperVia diz que atos externos, como furtos de cabos que afetam o sistema de sinalização, o impedimento do fechamento das portas dos trens, que danifica os equipamentos, além da presença irregular de pessoas na via férrea, que impede que o trem circule com uma velocidade regular, prejudicam a operação.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!