Orçamento para corredores de ônibus para 2019 é o menor desde 2013 em SP

A Prefeitura de São Paulo pretende investir R$ 204 milhões em construção e requalificação dos corredores de ônibus da cidade. O valor é o menor desde o orçamento de 2013.

A proposta feita pela gestão Bruno Covas ainda precisa ser aprovada pela Câmara dos Vereadores.

A Prefeitura alega que o valor é realista e culpa o impasse na reforma da previdência e a não entrada de recursos de concessões e privatizações que não foram realizadas.

Além de ser um valor baixo, a gestão Doria/Covas geralmente costuma, durante o decorrer do ano, ainda mover verba dos corredores para outras áreas da cidade.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.