Obras são paralisadas no Monotrilho da Linha 15-Prata

Foto: Alex França

Obras da Linha 15-Prata do monotrilho, que fazem parte da rede de Metrô de São Paulo, estão paralisadas, segundo informações do jornal Folha de São Paulo. O trecho entre Vila União e São Mateus é prometido para abrir até o final deste ano.

Veja também: Obras do Monotrilho são mais rápidas que construções do Metrô?

Também existe a expectativa de ampliação do horário de funcionamento entre Oratório e Vila União, que hoje funciona das 9h às 16h.

Segundo a publicação, a empresa Azevedo Travassos não executa mais as construções, por conta de dificuldades financeiras. O Governo Estadual afirma que aplicou multas à empresa, e ampliou o prazo de vigência da construtora, de 20 de setembro para 20 de novembro. A empresa informou ao jornal que deve retomar as obras até o fim deste mês.

Problemas com trecho em operação

Apesar da promessa de estender o horário de operação do trecho entre Oratório e Vila União, o Governo Estadual afirma ter tido problemas com a empresa Bombardier, responsável pela sinalização dos trens. De acordo com a página Ferroviando, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pellisioni, diz cobrar a empresa após problemas técnicos. “Estamos cobrando a empresa Bombardier e acreditamos que até o fim do ano teremos a operação comercial e mais uma nova estação”, disse o titular da pasta.

A linha 15-Prata teve início das obras em 2011, e a primeira promessa de chegar até o bairro de São Mateus era 2014.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.