Frota G do Metrô de São Paulo | Foto: Renato Lobo
Metrô SP

Falhas notáveis crescem no Metrô pelo 3º ano seguido

O número de panes consideradas notáveis cresceu na malha administrada pela Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô. É o que revela um levantamento feito pelo site UOL, com base na lei de acesso à informação.

O número de ocorrências deste tipo, quando o sistema para por mais tempo que uma simples falha, subiu passando de 71 em 2013 para 73 em 2014, 76 em 2015 e 78 entre janeiro e outubro de 2016.

Nos dez primeiros meses de 2016, a linha com mais problemas desse tipo foi a 3-vermelha, com 30 panes. Em seguida, está a 2-verde, onde houve o registro de 23 falhas. Já a linha 1-azul, registrou-se uma queda no total de panes, de 29 para 19.

O Metrô, por sua vez, diz que a substituição das frotas é determinante para este crescimento. Segundo a companhia, em nota ao jornal, “requer acompanhamento técnico em seu período inicial de operação”. “Quanto mais novo for um trem,maior será o número de ocorrências apresentadas justamente porque equipamentos novos passam por uma fase controlada de estabilização de desempenho até alcançarem sua máxima eficiência”.

 

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!