SPTrans

Doria confirma restrição ao passe livre de idosos

O prefeito eleito de São Paulo, João Doria, em entrevista a radio Bandnews, confirmou que idosos entre 60 a 64 anos de idade, que tiverem empregados, não terão mais o direito ao passe livre no transporte. Ele afirma que este grupo de idosos custa aos cofres públicos cerca de R$ 150 milhões por ano.

O empresário afirma que deve mesmo manter congelada a tarifa em R$ 3,80 ao longo de 2017. Doria diz que na cidade existem 5 milhões de pessoas entre desempregados ou com subempregos, e que não faria sentido aumentar a tarifa neste cenário.

A promessa de manter o preço da passagem vem em um momento em que a prefeitura busca recursos para manter e ampliar o subsídio ao sistema.

Projeções de técnicos da SPTrans dão conta de que em torno de 50% dos acessos aos coletivos são viagens não pagas, seja pelas integrações proporcionadas pelo Bilhete Único, seja para as gratuidades, estas divididas entre passageiros com necessidades especiais, estudantes e idosos.

O prefeito eleito de São Paulo não estipulou data para fim do benefício a este grupo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios