Monotrilho

Temer deve reavaliar monotrilho da Linha 18

Sem previsão para início das obras do Monotrilho da Linha 18-Bronze [Tamanduateí-Djalma Dutra], desde que a Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), do Ministério do Planejamento, rejeitou solicitação de autorização do governo do Estado para captação de financiamentos estrangeiros, que seriam usados em desapropriações, o presidente interino, Michel Temer, prometem reavaliar a questão.

“Relatei sobre as travas da Linha 18, obra vital para o Grande ABC. O Meirelles prometeu analisar o caso, pediu para que eu detalhasse os problemas por e-mail e que ele iria ver o que seria possível fazer. Falei para eles que a Linha 18 vai ao encontro do planejamento do novo governo, de retomada de crescimento por meio de investimentos”, disse o deputado estadual Orlando Morando.

Em 2015, o Cofiex barrou a contratação alegando que o governo do Estado não tinha como comprovar capacidade financeira de pagamento.

O monotrilho deve ter 15,7 quilômetros de extensão, com previsão de transportar 314 mil passageiros por dia. As obras deveriam ter sido iniciadas no ano passado.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!