Metrô SP

Metrô divulga consórcio vencedor para Linha Amarela

Linha deve estar completa em 2019. Construções foram iniciadas em 2004

Foto: Digna Imagem/Clóvis Ferreira

O Governo do Estado de São Paulo divulgou nesta terça, 7, no Diário Oficial, o consórcio vencedor que tocará as obras da linha 4 – amarela do Metrô. O TC-Linha 4 Amarela, formado pelas empresas TIISA – Infraestrutura e Investimentos S/A e COMSA S/A, que fez a proposta no valor de R$ 858.743.546,73 e será responsável pela construção das estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia, além do terminal de ônibus anexo a esta última e obras complementares no Pátio Vila Sônia.

Após a assinatura dos contratos, as empresas tem 12 meses para concluir a estação Higienópolis-Mackenzie; 15 meses para a estação Oscar Freire, 18 meses para a estação São Paulo-Morumbi; e 36 meses para a estação Vila Sônia. O Metrô recebeu 10 propostas para tocarem as obras, que passaram pela análise da comissão de licitação da companhia ligada ao Governo Estadual.

As obras da linha 4–Amarela, estão paradas desde que o Metrô rescindiu o contrato com o consórcio Corsán-Corviam por não cumprimento por parte da construtora.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios