Metrô SP

Consórcio diz que há condições de retomar obra da Linha 4

foto-17

De acordo com o Estado de São Paulo, o consórcio espanhol Isolux-Corsán-Corviam, que está encarregado pelas obras da fase 2 da linha 4-amarela do Metrô, disse nesta quarta, 11, que há condições favoráveis para a normalização das atividades.

Desde o fim do ano passado, as obras da linha 4 tiveram uma queda no ritmo, para não dizer que foram paralisadas. Os funcionários compareciam só para bater ponto. As empresas terceirizadas, que forneciam equipamentos e insumos, desapareceram.

Com este cenário, o Governo de São Paulo cogitou o cancelamento do contrato com o consórcio e chamar o segundo colocado da licitação ou realizar uma nova.

Porém, nos últimos dois domingos, a linha 4 teve o trecho Paulista-Luz paralisado para obras da estação Higienópolis-Mackenzie. O consórcio informou que seus funcionários voltaram a trabalhar na montage das estruturas desta estação.

Durante esta semana está ocorrendo reuniões entre a Isolux-Corsán-Corviam, o Governo do Estado e o Banco Mundial para tentar chegar num consenso para retomada definitiva das obras. O Governo do Estado já admite que as estações Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie devem ficar para 2016. E São Paulo-Morumbi e Vila Sônia para 2017 ou 2018.

Por meio de nota, o consórcio informou que “as reuniões com a Secretaria de Transportes Metropolitanos foram bem positivas, um claro sinal de que existem condições favoráveis para a normalização das obras”. Já o Metrô divulgou que há “execução de trabalhos pontuais nas obras da Linha 4, entre eles a conclusão do mezanino da estação Higienópolis-Mackenzie”. Quanto as reuniões, “qualquer informação neste momento é especulativa”.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios