SPTrans

São Paulo terá 100% da frota de ônibus não poluente em 2018, diz jornal

Super-frente_b

Nenhum ônibus movido a combustível fóssil (petróleo ou a gás) será permitido na cidade de São Paulo a partir de 2018, segundo norma que constará no novo edital de licitação dos transportes. A informação não é da prefeitura da cidade, mas de uma coluna do jornalista Leão Serva do jornal “Folha de São Paulo“.

Segundo a publicação, os novos ônibus poderão ser elétricos, híbridos, movidos a etanol ou biodiesel. Os novos veículos articulados que deverão fazer parte do sistema estrutural, deverão ser adquiridos de imediato já com as novas configurações.

Sistema trólebus

A notícia soa como música para aqueles que querem a ampliação da consagrada tecnologia dos trólebus na cidade de São Paulo. Em entrevista ao Via Trolebus em outubro de 2014, o secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, afirmou que existem questões relacionados ao custo de energia e manutenção da rede elétrica ainda não resolvidas:

“Tem uma discussão que não conseguimos equacionar que é a questão do custo de energia, e instalação de rede. Enquanto não tem mais uma decisão mais macro ou de longo prazo, o que a gente esta fazendo é manter o que tem e funcionando bem” – disse Tatto na entrevista.

7185030317_960474f745_o-1716x700_c

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios