Foto: Ricardo Milani
Trólebus

Reforma de rede reduziu pane dos trólebus em 83% na cidade de SP

Na semana passada o Via Trolebus entrevistou o Secretário Municipal de Transportes Jilmar Tatto, e um dos temas abordados na conversa foi sobre os trólebus. Tatto contou na entrevista que as frequentes panes que o sistema apresentava foram reduzidas após ter início a reforma da rede elétrica.

A modernização foi feita após a prefeitura contratar uma empresa terceirizada que ficou responsável de prestar manutenção à malha elétrica e substituir os fios que alimentam os ônibus elétricos.

Na ocasião, ficaram faltando os dados que comprovam a afirmação. Nesta quarta-feira (22) a empresa que gerencia o transporte na capital paulista enviou as informações ao Via Trolebus o estudo que revela que a medida reduziu em 83% o número de panes. “Desde o início dos trabalhos de modernização e requalificação da rede aérea dos trólebus, em abril de 2012, o número de ocorrências que causam interrupção parcial ou total da operação dos veículos, foi reduzida em 83%. Antes do início dos trabalhos eram registrados, aproximadamente, 75 ocorrências por mês, enquanto em setembro de 2014 foram 13 registros” – diz a SPTrans em nota.

Outro fator apontado pelo órgão da prefeitura é sobre a operação dos trólebus com bateria: “Neste momento, o sistema conta também com 50 veículos com baterias, que serão mantidos, já que este percentual da frota atende as necessidades da rede de trólebus atual.”. Estes veículos podem percorrer trechos mesmo sem a conexão com as alavancas na rede aérea.

Trólebus na Vila Prudente

Existe, porém, um indefinição por parte da rede de trólebus que serve a Linha 3160 (Terminal Vila Prudente-Terminal Parque Dom Pedro II). na Vila prudente. No local estão sendo feitos obras de um futuro terminal que terá interligação com a Linha 2-Verde do Metrô e o Monotrilho da Linha 15-Prata.

De acordo com a SPTrans, “está sendo estudada a melhor forma de atender aos passageiros após a inauguração do novo terminal, de forma que o acesso às estações de monotrilho e do Metrô seja facilitado”.

Cabe dizer que o plano de reforma da rede de trólebus já contemplou a região, assim como a Avenida Paes de Barros, via usada como ligação entre a região e o centro pelos ônibus elétricos.

Foto: Ricardo Milani
Foto: Ricardo Milani

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios