Monotrilho

Scomi deve fornecer Monotrilhos para linha do ABC, diz jornal

060214_AFP_mumbaimonorailedited
O Consórcio ABC Integrado deve mesmo ficar com a operação e bancar parte da construção da linha 18-Bronze (que liga o ABC a São Paulo). Foi publicado no Diário Oficial do Estado o texto que indica a vitória do Consórcio.

Agora começam as especulações de qual empresa fornecerá a tecnolgia para o ramal, que vai operar com monotrilho. Segundo o jornal Valor Econômico, está acordado que a Scomi será a fornecedora do projeto, e que esta empresa já planeja se instalar no Brasil, já que por se tratar de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), há exigência de conteúdo nacional.

A empresa malaia Scomi é a mesma que esta fornecendo a tecnologia para o monotrilho da Linha 17-Ouro, onde semanas atrás uma queda de viga matou um operário. Na semana passada, um viaduto que serviria a um projeto de mobilidade urbana em Belo Horizonte (MG) desabou e matou outras duas pessoas. A construtora Cowan é a responsável pelo viaduto mineiro e tem participação no vencedor do monotrilho do ABC.

Porem, segundo João Alberto Bernacchio, diretor financeiro da CR Almeida, uma das empresas que compõe o consórcio, “A Cowan é uma empresa de grande porte e presente em vários projetos de infraestrutura. Foi uma fatalidade [a queda do viaduto]”

A construção da linha deve ser planejada por seis meses e a operação deve começar em até quatro anos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!