Greve

Metrô opera normalmente nesta terça após greve de 5 dias

As 5 linhas metroviários iniciaram normalmente a operação às 4h40 da manhã desta terça-feira (10). Durante uma assembleia no sindicato dos metroviários com um clima tenso, os trabalhadores decidiram suspender a paralisação, e retornar com a greve no dia 12, data em que esta marcada a abertura da copa do mundo.

Na assembleia foram apresentadas três propostas: a continuidade da paralisação, a suspensão até o dia 11 e o fim da greve.

Os sindicalistas sinalizarem que aceitariam o reajuste de 8,7%, conforme foi definido no dissídio pela Justiça do Trabalho. No entanto, os trabalhadores cobravam o cancelamento das demissões, possibilidade até aceita pelo presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, mas depois descartada pelo governador Geraldo Alckmin, e seu secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

“É inadmissível a volta dos 42 demitidos. Não houve acordo e não haverá readmissão em hipótese alguma”, disse Fernandes. Já o presidente do sindicato da categoria, Altino Melo dos Prazeres, a intenção era encerrar a greve muito antes. “Poderíamos chegar a um acordo hoje se as demissões fossem negociadas”, disse.

O Governador, Geraldo Alckmin, entrega 4 tens modernizados para o metro.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios