Greve

Governo ameaça demitir Metroviários em SP

Segue a greve no Metrô em São Paulo e o clima esta bem quente entre representantes dos governos, e o sindicato dos metroviários. A companhia tentará na Justiça antecipar a decretação de ilegalidade da paralisação. O secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, afirmou a imprensa que enviará uma petição ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) ainda na tarde desta sexta-feira (6) solicitando que o Judiciário decrete a greve ilegal.

“O que a Justiça vai definir, não temos certeza. Mas o que vier, é para cumprir. Imediatamente, terão de cumprir. Se não vierem, pode começar a emitir demissões”, afirmou.

O governo iniciou também nesta manhã, 220 telegramas para pressionar os operadores a comparecerem no turno das 14h. Outras 220 cartas serão enviadas para os funcionários que trabalham à noite: “Isso serve como documento comprobatório para depois não alegarem ignorância”, informou Fernandes.

Por volta das 17h00 esta marcada uma nova assembleia entre os metroviários na sede do sindicato no bairro do Tatuapé.
greve13

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios