VLT

Quem disse que o VLT de Cuiabá não começou a andar?

VLT-MT20140109_0010

Prometido para ser um legado da copa do mundo, O VLT de Cuiabá foi lançado em 2011 em substituição ao sistema de corredores exclusivos para ônibus Bus Rapid Transit (BRT). O projeto foi homologado em meio a indícios de fraude no Ministério das Cidades, mas acabou recebendo financiamento federal e sendo licitado em junho de 2012 por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC) – novo modelo de licitação menos rígido que o imposto pela lei 8.666/93 e autorizado pelo governo federal para obras da Copa.

No entanto, a obra licitada por R$ 1,477 bilhão só deve ser entregue em 2015. Mas, operário deram um jeito, e fizeram o trem andar:

Este é mais uma das muitas obras que sofrem atrasos, por parte de todos as esferas administrativas. São os nossos políticos #PadrãoFifa

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!