SPTrans

Bilhete Único Mensal tem baixa adesão em São Paulo

A prefeitura de São Paulo conseguiu cumprir a meta da gestão Haddad de implantar o Bilhete Único Mensal, entretanto a funcionalidade esta tendo baixa adesão, pelo menos é o que mostra uma reportagem do jornal “Folha de São Paulo”“.

No mês de Abril o meio de pagamento foi usado apenas por 33 mil passageiros, o que representa 4% da meta da administração municipal. Por outro lado, a forma mensal no pagamento da tarifa vem crescendo, sendo que desde janeiro foi registrado um aumento de 275%.

Já a prefeitura afirma ainda ser cedo para analisar os dados.

A reportagem sugere que um dos fatores para a falta de procura do Bilhete Único Mensal esta relacionada ao preço. Os passageiros que quiserem optar por este meio de pagamento precisam gastam R$ 140 para poder usar as linhas de ônibus municipais por 30 dias. Já se quiserem incluir o uso do Metrô e da CPTM junto ao ônibus, o valor sobe para R$ 230,00. Estudantes pagam R$ 70 ou R$ 140 respectivamente.

No sistema de transporte de Londres, por exemplo o beneficio passa a ser vantajoso para usuários que usam mais de 25 viagens por mês. Já em São Paulo, o Bilhete único Mensal só é melhor para quem usa mais de 46 viagens de ônibus, e 49 entre as linhas municipais e o sistema metroferroviário.

Outra queixa, é a burocracia para conseguir este bilhete. Muitos usuários nem sabem como aderir ao meio de pagamento mensal.

2013-11-21-fa-b_u_mensal-2

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios