TAV Trens Regionais

Governo Paulista propõe que Trem Regional compartilhe trilho com o TAV

Trem regionalUma possível parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e o Governo Ferderal pode fazer com que com o Trem Regional de São Paulo a Campinas compartilhe via do Trem de Alta Velocidade (TAV). De acordo com o governo paulista, a implantação simultânea dos dois projetos será discutida entre um grupo de estudos misto, com representantes das duas esferas.

O secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, esteve em reunião na semana passada com Bernardo Figueiredo, que vai assumir a presidência da Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade (Etav) — estatal que deve supervisionar a implantação do TAV — e ficou decidido que uma minuta será formulada para desenhar o plano.

O sistema proposto pelo Estado atenderia ao chamado público de transporte pendular, pessoas que trabalham fora do município de origem e voltam todos os dias para casa. Com velocidade máxima de até 160km/h, teria custos semelhantes ao do transporte rodoviário.

Já o TAV por sua vez, com velocidade quase três vezes maior e tarifas mais elevadas, teria prioridade para pessoas vindas dos aeroportos de São Paulo e Campinas, e para os passageiros de padrão de renda mais elevado. Segundo a secretaria estadual, como o TAV deverá operar em intervalos de pelo menos uma hora, os demais horários seriam utilizados pelo trem rápido, com operações de dez em dez minutos. A ideia seria utilizar determinados trechos do TAV para o trem regional. Embora o TAV não possa se locomover em vias permanentes convencionais, o contrário é possível.

Com isto, o prazo de entrega da linha, que antes era para 2016, agora esta atrelada ao TAV. O governo federal espera que o leilão do trem de alta velocidade saia até maio do ano que vem.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios