Mobilidade Urbana

Rio: Empreiteira vem a público e diz que teve que entregar obra antes do prazo devido às eleições

A novela do BRT Transoeste virou um joga de lá para cá. Hoje, a empreiteira responsável pela obra, a Sanerio, veio a público e disse que foi forçada a entregar a obra 2 meses antes do prazo para que a entrega estivesse permitida dentro das leis eleitorais.

Terminando a obra antes, Eduardo Paes pôde inaugurá-la e mostrar em sua campanha o feito.

“A empreiteira vai ter que fazer tudo outra vez se for necessário, sem que a prefeitura gaste dinheiro. Todas as empreiteiras que trabalham para a prefeitura têm a obrigação de fazer sempre às pressas e no prazo mais curto possível. Tanto um lote quanto o outro lote foram entregues no mesmo tempo. Por quê que um lote foi entregue sem problemas e, justamente, na parte feita por essa empreiteira tem problemas estruturais?”, questionou Paes.

O BRT Transoeste, conforme já noticiamos, apresenta diversos problemas e, devido às últimas chuvas, enormes buracos surgiram na pista. O prefeito Eduardo Paes afirma que a obra foi feita com má qualidade.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios