CPTM Metrô SP Mobilidade Urbana

SP 2040 traça diretrizes para a capital e prevê 240 km de metrô

Representantes da Prefeitura de São Paulo, de universidades e da sociedade civil se reuniram para traçar objetivos para uma cidade melhor para o ano de 2040. Uma das metas é que o paulistano gaste no máximo meia hora de sua residência para o trabalho.

Para que isso possa acontecer, a cidade necessitar ter, no mínimo, 240 km de trilhos de metrô (hoje a cidade possui 74 km). Para ampliar a rede, que inclui também a CPTM, é necessário investimento aproximado de R$ 235 bilhões. Também é necessário investimentos nos ônibus e em ciclovias. Outro ponto a favor é aproximar a residência ao trabalho.

Essas diretrizes para o futuro de uma cidade já foram feitas em grandes metrópoles como Nova York, Londres, Paris, Hong Kong e Chicago.

A pesquisa Origem e Destino, feita pelo Governo do Estado, mostra que o cidadão leva em média 49 minutos no trajeto casa/trabalho e com apenas uma leve chuva, esse tempo já aumenta significativamente.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios