CPTM Trem de Carga

Alckmin fecha acordo para o ferroanel

O Governador Geraldo Alckmin fechou, nesta quinta feira (22), acordo com o Governo Federal para a construção do ferroanel de São Paulo.

Segundo o governador, o acordo prevê utilizar as faixas de domínio das estradas que compõem o rodoanel norte e sul, para construção dos trilhos do ferroanel. “Estamos acertando fazer uma sinergia, porque dá uma grande economia para o governo. Do lado do Rodoanel Sul, ficará o trecho sul do ferroanel. Do lado do Rodoanel Norte, o tramo norte do ferroanel”, disse.

Alckmin disse que, apenas no trecho norte, a economia do governo será de cerca de R$ 1,5 bilhão, já que a construção na faixa de domínio elimina problemas com desapropriações e licenças ambientais. “O trem de carga passa dentro de São Paulo. O nosso trem de passageiros tem 170 metros de comprimento. O menorzinho dos trens de carga tem 600 metros. Não tem como passar mais”, disse o governador.

Segundo ele, o trânsito dos trens de carga por dentro de São Paulo não será mais possível a partir de 2015, liberando as vias da CPTM somente para trens de passageiros.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios