CPTM Trem de Carga

Governo quer ampliar o Ferroanel de São Paulo

O Governo do estado quer ampliar o traçado do ferroanel, com uma negociação com a ALL Logística. Seria uma ampliação incluindo mais um trecho, entre Santos e Campinas. De acordo com o governo de São Paulo o objetivo é garantir que a empresa que vença a concessão do Ferroanel passe a deter um sistema de ferrovias que contemple um círculo completo na região e mantenha o controle sobre todos os acessos ao porto de Santos.

Esta previsto a construção de dois trechos ferroviários que corresponde o trecho norte e sul do ferroanel, que fará parte do PIL (Programa de Investimento em Logística), anunciado em agosto. A asa norte corresponde aos trechos entre Itaquaquecetuba a Jundiaí. O sul ligaria Rio Grande da Serra a Evangelista de Souza.

Além dos novos trechos, o plano inicial prevê a devolução ao governo do trecho do porto de Santos a Itaquaquecetuba, controlado pela MRS Logística. Pelo projeto original, os três segmentos formariam uma única concessão. O governo avaliou, no entanto, que, nesse formato, quem vencesse a concorrência ficaria com um círculo incompleto para o acesso ao principal porto da América Latina. Isso dificultaria o trânsito de cargas na região.

Para ter um sistema completo em São Paulo, a EPL (Empresa de Planejamento e Logística) decidiu negociar então com a ALL Logística a devolução do seu trecho que vai do porto de Santos a Campinas -passando pela região de Mairinque, Cotia e Embu.

Melhorias para passageiros da CPTM

Um dos objetivos do ferroanel é beneficiar o trânsito de passageiros, já que em dois anos, a CPTM passará a usar toda a capacidade da malha na região central da capital para trens urbanos, o que vai praticamente impedir o uso das linhas para transporte de carga.

Por Renato Lobo, com as informações de “Folha de São Paulo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios