CPTM Metrô SP

Funcionários de fábrica de trens entram em greve em Hortolândia

Funcionários da empresa espanhola CAF, cruzaram os braços nesta segunda feira. Após assembleia do Sindicato dos Metalúrgicos. O Sindicato publicou nota afirmando que os 750 trabalhadores da espanhola CAF suspenderam as atividades e seguiram em passeata até o complexo fabril da Maxion. A empresa emprega cerca de 3 mil pessoas. Com a paralisação, informa a entidade, toda a produção ferroviária na região foi comprometida nesta segunda-feira.

Os metalúrgicos reivindicam reajuste salarial de 17,45%, com aumento real de 8,91%, e redução da jornada para 36 horas, sem redução de salário, entre outros.

A empresa é responsável por grande parte dos novos trens da CPTM, como os da série 7000, 7500, 8000 além dos 26 novos trens da linha 5 lilás do Metrô que devem chegar até 2014.

Por Renato Lobo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios