CPTM

Governo diz que trem de Guarulhos vai ficar pronto em 2014

Segundo a Secretaria de Transportes Metropolitanos, por meio de nota, o projeto do Expresso Guarulhos, ligação ferroviária entre Guarulhos e a capital, será financiado com recursos do Orçamento estadual, pois não houve tempo de desmembrá-lo do Expresso Aeroporto dentro do Programa Estadual de Desestatização (PED).


A intenção do secretário Jurandir Fernandes era pedir verbas ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da mobilidade para viabilizar a linha férrea, mas não houve tempo hábil. Na semana passada a Assembleia Legislativa aprovou um pacote de demandas do governo estadual a Brasília, mas o Expresso Guarulhos não foi incluído.


Observadores acreditam que governo do Estado poderá também optar por recorrer ao Fundo de Desenvolvimento Metropolitano, instrumento que está sendo criado dentro da reorganização da Região Metropolitana de São Paulo, e que, segundo os contornos já divulgados de seus estatutos, deverá receber recursos de diversas fontes, inclusive prefeituras. Com isso, é possível até que a Prefeitura de Guarulhos possa ser convocada a arcar com ao menos parte desse projeto, que ligará o Parque Cecap à estação Tiquatira da linha 12 – Safira da CPTM, e futuramente com a linha 15- Branca do metrô, na zona leste de São Paulo.


Na semana passada o deputado estadual Alencar Santana (PT) esteve reunido com a diretoria da CPTM para tratar do tema, ainda envolto em muitas incógnitas apesar do apoio explícito do governador Geraldo Alckmin. A secretaria estadual adiantou ao DG, pelo menos, que o cronograma preliminar dessa estrada de ferro prevê a conclusão das obras para 2014.


Secretario garante a obra


Jurandir Fernandes anunciou nesta segunda-feira que o Trem de Guarulhos, cujo início das obras foi confirmado na semana passada durante sua visita à cidade, terá mais três quilômetros de extensão, chegando ao Aeroporto Internacional.


Durante o encontro realizado em São Paulo, o secretário apresentou ao deputado guarulhense os projetos para a cidade. Além de garantir a viabilização do Trem de Guarulhos em um novo projeto, conforme já havia anunciado o governador Geraldo Alckmin, ele terá mais três quilômetros de extensão, chegando ao Aeroporto Internacional, após a estação do Cecap.


De acordo com o secretário, esta foi a alternativa encontrada pelo Governo do Estado para atender à população, diante do fracasso do TAV (Trem de Alta Velocidade), projeto do governo federal, que já teve três processos de licitação frustrados. Para Carlos Roberto, o Trem de Guarulhos é uma das obras mais importantes na área dos transportes que Guarulhos irá receber nos próximos anos. “O trem atenderá cerca de 28 mil funcionários do aeroporto, além de toda a comunidade do Parque Cecap”, afirmou o Carlos Roberto.


O Trem de Guarulhos deve ter as obras iniciadas em 2012.


Com as informações de Diário de Guarulhos e Guarulhos Web 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios