Trólebus

Trólebus ou VLT? Governo promete corredor SBC – Tamanduateí

O secretário dos Transportes Metropolitanos doe São Paulo, Jurandir Fernandes, esteve hoje (8) com o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho  do PT, e prometeu concluir o projeto de um corredor de transporte coletivo de São Bernardo do Campo até a Estação Tamanduateí em São Paulo, passando por São Caetano do Sul. A previsão é de promover a licitação da obra entre abril e maio de 2012.
Jurandir Fernades contou que, vai captar recursos para licitar o projeto básico – orçado em até R$ 45 milhões – em prazo de até quatro meses. A elaboração do projeto é prevista em seis meses.


Tecnologia ainda não definida
O veículo a ser utilizado no traçado de 20 quilômetros ainda não foi definido. Como o trajeto passará por áreas urbanas ele deve ser feito em pontes para não afetar o tráfego dos carros. “Assim o monotrilho é mais compatível“, disse Fernandes. O metrô de superfície ou VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) caberia em um traçado 100% terrestre. A utilização de um trólebus que é bem mais barato e eficaz, como é feita no corredor São Mateus-Jabaquara também é avaliada.
A Verba para tocar a obra é de R$ 27,6 mil vinda do Ministério das Cidades. O Estado busca formas para garantir o financiamento. São Bernardo – que já elaborou o projeto funcional do traçado – vai contribuir com a doação de áreas. Um exemplo é o local onde será instalada a estação Alvarenga, um espaço municipal que será cedido.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios