Trechos Expressos das marginais podem ficar abaixo dos 90 km/h

O prefeito eleito de São Paulo, João Doria, disse durante encontro com representantes do Ministério Público que poderá manter trechos de velocidades máximas nas pistas expressas das marginais, abaixo dos 90 km/h, segundo publicação do jornal “Folha de São Paulo”.

A reportagem da conta de que o grupo de estudo de Doria ligada a mobilidade se mostrou disposto a reduzir essas máximas em locais onde não forem compatíveis com a segurança do trânsito.

O ministério público solicitou também que a nova gestão deverá fornecer pareceres técnicos no mês de fevereiro após a volta das velocidades, de 70 para 90 km/h nas expressas e de 60 para 70 km/h nas centrais.

A administração do prefeito Fernando Haddad reduziu as máximas no programa de proteção a vida, e após a medida, foram reduzidos os níveis de acidentes e mortes. A equipe do prefeito eleito, no entanto, argumenta que a queda no número de ocorrências nestas vias não está diretamente ligada as reduções de velocidades.

Nas demais vias da cidade, os 50 km/h devem ser mantidos.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

44 Comentários deste post

  1. Dificilmente alguém anda na velocidade que consta nas placa, normalmente quando a pista é de 90 km/h o cidadão anda a 80 km/h.Os acidentes na grande maioria das vezes ocorrem por excesso de velocidade, ou seja, acima do limite estabelecido e esses cidadãos é que devem ser punidos com rigor.

    Felix / Responder
  2. Tem que voltar aos 90 km/h e pronto.. É um absurdo penalizar o cidadão honesto por causa de irresponsáveis que dirigem alcoolizados em alta velocidade ou pessoas que resolvem andar no meio da Marginal. Go Doria!

    Josh / Responder
    • Não, não tem que voltar para vc economizar alguns minutos no seu trajeto rapá

      Cidadão honesto respeita e anda abaixo disso. Se o MP já foi para cima, é pq sabem que existe o risco do numero de acidentes aumentarem….e estou dizendo apenas de acidentes com batidas entre carros….

      Tiago / (em resposta a Josh) Responder
      • Errado, Tiago. Eu pago impostos, trabalho como um cachorro e sou honesto. Acho que me deslocar rapidamente é o mínimo. Se quer reduzir acidente, que fiscalize os verdadeiros infratores e as pessoas que andam na Marginal (pois é, me espanta isso, mas muitos atravessam a avenida). Lembre-se que o MP foi contra o Haddad mudar de forma abrupta a velocidade, e é a mesma coisa agora. O Código de Trânsito estabelece a 90 km/h e isso deve ser cumprido. Que se fiscalize e puna os que andam fora da velocidade permitida, mas se permita aos cidadãos se deslocarem pela cidade. Já é uma porcaria morar aqui, e nem se deslocar rápido no fds não pode mais? Chega né!

        Josh / (em resposta a Tiago) Responder
        • Só lembrando: o MP foi contra o Haddad e PERDEU porque foi provado por A + B que a redução é importante.

          Só lembrando também que o CTB estabelece alguns limites recomendados de velocidade. No entanto, segundo o parágrafo 2º do artigo 61, “o órgão ou entidade de trânsito ou rodoviário com circunscrição sobre a via [CET-SP/Prefeitura] poderá regulamentar, por meio de sinalização, velocidades superiores ou inferiores àquelas estabelecidas no parágrafo anterior.”.

          Só lembrando ainda que todo mundo aqui é cidadão honesto, pagador de impostos, trabalhador. Todos temos direitos, etc, etc, etc. Não concordo que morar em SP é uma porcaria. Ainda dá para se deslocar no fim de semana tanto quanto nos dias úteis. De ônibus, Metrô, trem, bicicleta, a pé ou de carro. Ande um pouco mais devagar, evite acidentes. Na boa, não leve uma vida corrida. Relaxe. Aproveite a viagem. Não seja ranzinza. Preserve a vida.

          Alex / (em resposta a Josh) Responder
        • Falácias!!

          Se só fiscalização resolvesse alguma coisa, não haveria acidentes e nenhum outro país no mundo teria reduzido velocidade em suas vias, só o Brasil.

          Daqui a pouco vai querer que volte a velocidade nas outras avenidas tb, tipico mimimi de carrocrata chorão….

          Tiago / (em resposta a Josh) Responder
          • Tiago, em todos paises do mundo as pistas expressas não diminuiram a velocidade.Paris, não serve como referência é uma cidade do tamanho da Zona Oeste de São Paulo, toda construida a mais de 500 anos com ruas estreitas e poucas avenidas, assim é a maioria das cidades européias.

            Felix / (em resposta a Tiago)
        • Nossa Josh voce só escreve asneira…..

          Humberto / (em resposta a Josh) Responder
      • E antes que vc venha com blablabla de que sou “elitista”, pego busão e trem toda semana, mas também uso carro. Uso tudo e sou a favor do transporte público, que é a salvação. Mas também não se pode massacrar a grande maioria que paga impostos nessa cidade.

        Josh / (em resposta a Tiago) Responder
        • Negativo, a grande maioria se desloca a pé e de transporte publico, que segundo dados da Rede nossa São paulo, representa mais de 70% de todos os deslocamentos feitos diariamente na cidade.

          os deslocamentos feito por carros representa uma minoria…..E essa minoria não tem que colocar em risco quem não usa o carro.

          Aceita que dói menos kkkkkkkkkkk

          Tiago / (em resposta a Josh) Responder
          • Rapaz, pelo visto vc que vai ter que aceitar viu. O Doria em breve irá mudar a velocidade pra cima. E vc, pra evitar matar alguém, que ande a 70 km/h nas faixas da direita.

            Josh / (em resposta a Tiago)
          • Saiba que a alteração será apenas nas marginais centrais e expressas. E talvez nem volte a 90km/h nas expressas.

            Mas nas locais só em alguns trechos é que subirá para 60km/h
            No restante da cidade, continuará em 50km/h, menos mal….
            De qualquer forma, durante o dia, principalmente nos horários de pico, ninguém consegue andar a mais de 60 na expressa em dias uteis mesmo….xD

            vai favorecer quem gosta de correr a noite e madrugada, infelizmente….
            Não vejo beneficio algum….

            Se for assim, então tira todos os radares e deixa sem limite de velocidade….mas tb se acidentar, se vira nos trinta malandro….fica sem resgate da CET com o dinheiro publico….

            Vc usa transporte publico toda semana? eu uso TODOS OS DIAS NOS 2 PICOS!
            o carro fica só para viajar, raramente uso aqui na cidade.

            Vc é apenas mais um carrocrata chorão!

            Tiago / (em resposta a Tiago)
        • mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi mimimimimimi

          Marcelo / (em resposta a Josh) Responder
          • Os caras tem ódio de carro. Que besteira. Mobilidade não está restrito à demonização de carros. Duvido que vc tenha um. Deve ser inveja.

            Josh / (em resposta a Marcelo)
  3. O que vai esperar do PSDB que sempre priorizou o modal carro em detrimento ao pedestre? Indo na contra mão do que vem ocorrendo em centenas de cidades pelo mundo….
    As ruas, pontes e avenidas não são pista de corrida, são locais para deslocamentos….quem quer correr que vá para o autodromo de interlagos…
    Tá com pressa? sai mais cedo ou vá de helicoptero oras…

    Fico contente que o Ministério Publico já foi para cima e está de olho!

    Renato / Responder
    • Esquisito. O cara se mostra disposto a mudar o discurso de campanha e tu ataca?

      anonimato / (em resposta a Renato) Responder
      • Não estou vendo o Dória dizer: irei manter as velocidades atuais e não vou mais mudar….

        Então, enquanto ele insistir nessa ladainha de querer aumentar a velocidade….apenas estará mostrado a prioridade que o PSDB sempre deu ao modal carro…..

        Os miseros 78km de metrô em quase 25 anos de PSDB no Estado (contra 150km de Santiago, 240km do México) mandam lembranças….

        Não queira defender o indefensavel…..PSDB é tão ou mais lixo qto o PT. Mas os tolos continuam elegendo essas corjas no primeiro turno!

        Renato / (em resposta a anonimato) Responder
    • Que bobagem, o PSDB sempre priorizou carro construindo corredores de Onibus, Metrô, Monotrilho, CPTM e VLT?Me ajuda aí, ô.

      Felix / (em resposta a Renato) Responder
      • ta louco priorização do transporte público? com essa velocidade de construção de um burro empatado, manco e com Caimbra….

        Alexandre i / (em resposta a Felix) Responder
        • Se o desgoverno federal anterior priorizasse o Metrô de SP,como fez com o do Rio para Copa e Olimpiadas, com certeza estaríamos muito melhor. São Paulo passou para o Governo Federal , 490 Bilhões em impostos em 2015 e retornou 39 bilhoes para o Estado, ou seja, só 7%, só vericar no Google “Seu Estado é pagador ou recebedor”. São Paulo tem 23%de toda população do Brasil, justo seria retornar no minimo 23% de tudo que envia.

          Felix / (em resposta a Alexandre i) Responder
          • PSDB já esteve no governo federal por 8 anos e o que fez de metrô em SP mesmo???

            Renato / (em resposta a Felix)
          • e nem por isso serve para dizer que houve prioridade no transporte público pelo psbd, não sei em que mundo é esse…. gostaria mesmo de conhecer…

            Alexandre i / (em resposta a Felix)
      • 78km de metrô em quase 25 anos de PSDB é priorizar o que cara-palida?

        Santiago que é menor que o Rio de Janeiro, tem o dobro de Metrô que SP e começou na mesma epoca.
        Não temos VLT

        Seul construiu e entregou 24km de monotrilho em menos de 5 anos.

        E onde é que o PSDB construiu corredores de onibus em SP, se a responsabilidade dos onibus é da prefeitura?

        Faça o favor…

        Renato / (em resposta a Felix) Responder
        • É que vc desconhece 250 km da CPTM que é nivel ou melhor que Metrô de muitos Estados brasileiros, de Santiago e de outros paises. A CPTM não deve nada para muitas linhas de Metro de Paris.Alias, hoje fui no Aeroporto de Guarulhos e a Linha 13 Jade está bastante adiantada, as Estações já estão sendo instaladas as coberturas.A Dutra 90Km/h e a Shimit 90 km/hora com apenas duas pistas de cada lado, não vejo acidentes.
          .

          Felix / (em resposta a Renato) Responder
          • CPTM não é metrô . . . e para piorar vive dando problema, o serviço é ruim

            Tiago / (em resposta a Felix)
  4. Quem tem que ser punido, são os que querem apostar corridas nas marginais por pessoas imprudentes. A população não pode ser punida por causa de meia dúzia. E fim dos radares será bem vindo porque se arrecadou muito e nenhum investimento em recapeamento e nenhuma nova avenida. E para onde será mesmo que foi o dinheiro das multas???Desapareceu. Quem acredita em papai Noel, que acredite que este dinheiro foi para educação de trânsito e melhorias viárias.

    Paulo Roberto / Responder
  5. Os mesmos que exigiam estudos para a implantação de ciclovias, agora aceitam calmamente o aumento das velocidades, baseado na falácia propagada pelo prefeito eleito, que a redução dos acidentes se deu em função da crise. Cadê os estudos que comprovam esta tese ?

    Marcelo Pádua / Responder
    • Pois é, estranho que as velocidades foram reduzidas nas cidades de Nova Iorque, Tokyo, Londres, Paris, Moscou, Los Angeles, Estocolmo, Amsterdã, Bogotá, Buenos aires e várias outras metropoles que resultaram em redução de acidentes. Nesses países também estão em crise?

      São Paulo apenas seguiu a tendência mundial…..

      É sabido que o PSDB é voltado a elite carrocrata….pq mexer com o carro pode dar eleição, como tb pode tirar…..

      Renato / (em resposta a Marcelo Pádua) Responder
  6. ABSURDO !!!
    PROMETEU 90 agora quero 90 !!!
    Impeachment já !!

    fabio / Responder
  7. É mais que necessário o retorno de 90,70 e 60 km/h nas marginais.O resto é coversa para boi dormir, é muito mimimi.

    Felix / Responder
  8. Para aqueles que ficam de mimimi para aumentar a velocidade, leiam o artigo do próprio trolebus referenciando 13 cidades que diminuíram a velocidade: http://viatrolebus.com.br/2015/07/13-paises-que-reduziram-velocidade-maxima-em-areas-urbanas/

    Vários países (Não vem chorar, leia o artigo) diminuíram a velocidade e sobreviveram, estão ótimos, só no Brasil fica essa frescura de querer aumentar a velocidade… É comprovado que diminuir a velocidade diminui os acidentes, agora, vem a burguesia falar que é uma arapuca do governo, uma tramoia satânica… Então quer dizer que 13 países estão errados? Me poupe.

    Allan Ferreira / Responder
    • Sim, vc tem razão em dizer que essas cidades diminuíram as velocidades máximas, mas isso foi em avenidas com bastantes movimentações de pedestres, pesquisa mais a fundo se isso ocorreu em vias do tipo a marginal Tietê. Continuam a mesma coisa, a velocidade não teve alteração e sim nas grandes movimentações, e fique bem claro, que eu concordo com a política de Haddad, exceto em do tipo via de trânsito rápido.

      Amaury / (em resposta a Allan Ferreira) Responder
  9. Muitos desses pedestres que são vítimas de atropelamentos, são funcionários da CET, policiais atendendo ocorrências, gente q foi trocar o pneu do carro. Estamos falando de vidas e não de automobilismo em vias da cidade e danem-se as mortes. Aliás, com a entrega do Rodoanel Norte, teríamos q discutir o fechamento das marginais expressas, despoluição dos rios , etc. e perdemos tempo com situações retrógradas como essa de rever as velocidades.

    Jean / Responder
  10. Cidade construída pra carros da nisso, mente fechada, e menos investimento em transporte publico, e cada prefeito que entrar muda alguma coisa, triste.

    Rodrigo Santos / Responder
  11. As marginais expressas são vias de classe 1, andar a 80km/h ali não vejo como absurdo. Coloca radar ponto a ponto e resolve o problema, dá de um lado e resolve do outro. O povo anda na orla da zona sul do Rio a 80Km/h como limite máximo e não sei se morre tanta gente assim como se imagina…

    Marcos Antonio / Responder
    • A questão não em minimo ou máximo, o problema e a cultura da cidade, que vem a muito tempo, colocando prioridade no trasporte individual, e não no publico.

      • É por isso que dei uma sugestão para eliminar uma pista de cada ladodas Marginais Tietê e fazer uma linha Férrea da Estação Engeneiro Goulart da Zona Leste até a Estação Ceasa, ligando com a Linha Sul das Marginais Pinheiros . Além da Ligações, Leste, Norte, Oeste e Sul ainda ligaria a linha 13 Jade até o Aeroporto Guarulhos.

        Felix / (em resposta a Rodrigo Santos) Responder
        • Se o Alckmin não entrega coisas simples, como monotrilho, imagina essa ideia, ela e boa, porém faltaria vontade, e obra rápida.

          • Cara, acho que vc sonha com o Alkimin.Enquanto isso ele está sendo aprovado pela maioria e levando no primeiro turno, acho que é ai que reside seu ódio por ele.

            Felix / (em resposta a Rodrigo Santos)
        • Se o Alckmin desse segurança publica, saúde, educação decente, eu concordaria com você, não se iluda achando que e eleito por votos diretos exatamente, ou pelo povo da capital pobre, porque tme não tem plano de saúde ta dependendo do hospital publico sem médico, ou ate quase morrendo, não ta preocupado com politica, então menos, que ódio e uma palavra muito seria, a coisa e mais funda que isso.

          • São Paulo tem a melhor infraestrutura, melhor Segurança Pública, na Educacao, vejao a ultima avaliação do Pisa, melhor saneamento básico, melhor Sistema de Saúde Pública, melhor Transporte Público, Melhores Universidades Publicas, USP e Unicamp, ambas Estaduais, comparando com os Estados do Brasil, enquanto, RS,RJ, MG e outros não estão pagando nem salários, São Paulo está em dia, tudo isso fruto de uma boa Gestão Pública. Mais Estações do VLT de Santos estão sendo inauguradas em plena crise do Brasil.

            Felix / (em resposta a Rodrigo Santos)
        • Isso não quer dizer nada.

          Não é só pq aqui é melhor (ou que é a melhor infraestrutura) que está bom. Se for assim, vamos comparar com o sistema de Saude dos EUA, Inglaterra, Japão, Australia…e ai vai ver que é péssimo.

          Renato / (em resposta a Felix) Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*