CPTM

Número de funcionários nas obras da estação Varginha da CPTM chega a 70

As obras na futura estação Varginha, na Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, vinham em um ritmo lento. As construções chegaram a parar e o próprio secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, falou em “tomar atitudes drásticas”, sobre a paralisação dos serviços. O episódio ocorreu em janeiro deste ano.

Não é a primeira vez em que o titular da pasta mostrou descontentamento em relação ao processo de construção do futuro terminal do atendimento ferroviário que vem de Osasco e corre pela Marginal Pinheiros. Durante visita às obras das estações, em outubro do ano passado, o secretário disse que o ritmo das construções não está como gostaríamos.

Mas nas últimas semanas, há um indicativo de que pelo menos há mais trabalhadores. Segundo o próprio ex-ministro, o volume de pessoas trabalhando na futura estação chega a 70, e poderá aumentar nos próximos meses.

As obras da estação Varginha, que luto para que aconteçam desde quando Ministro das Cidades, e agora acompanho de perto a evolução, estão a cada dia acelerando mais e mais! Atualmente, são 70 funcionários trabalhando no prédio da segurança, concretagem das vigas do mezanino, fundação da escada de emergência e outras frentes. Nos próximos meses teremos muito mais funcionários focados em terminar essa obra conforme prometemos, em 2022, para garantir mais #QualidadedeVida para os moradores do extremo sul de São Paulo.” – disse Baldy em uma rede social.

Mesmo com os atrasos, a promessa do governo estadual é entregar a estação Varginha em 2022.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios