Funcionários liberam catraca do Metrô de Recife em protesto

Funcionários terceirizados do Metrô de Recife realizaram um protesto liberando as catracas do Metrô de Recife, mais especificamente nas linhas Sul e Diesel do metrô, que, juntas, transportam 125 mil passageiros. Os trabalhadores estão com salários atrasados há três meses.

A liberação da entrada foi confirmada pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, que atribuiu a medida ao esforço para “não prejudicar os passageiros”. A empresa reconheceu a falta de pagamentos à terceirizada. O problema afeta 115 colaboradores.

Falta de recursos

Nesta segunda-feira, 6, conforme noticiamos aqui no Via Trolebus, o Metrô da capital de Pernambuco poderia simplesmente parar por falta de recurso.

Nesta terça, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou R$ 33 milhões para o sistema, sendo então possível manter a operação, pelo menos, até outubro.

 


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

12 Comentários deste post

  1. Ai se a moda pega… Lascou! 3 meses sem receber é osso.

    Raul /
  2. Que vergonha, Metem o Pau no Alckmin e esquecem de Olhar que o Governo do PT simplesmente ferrou com a CBTU, na vdd o PT faliu foi é com tudo!!!!!!

    Renato /
  3. Curioso que em SP os metroviários não fazem isso quando estão de greve, aiai.

  4. Companhia PAULISTA de Trens Urbanos- CBTU ???????não seria Companhia BRASILEIRA de Trens Urbanos kkkkkkkkk
    Ou a CPTM vai dominar o Brasil? Kkkkkk

    Alexandre Antunes de Oliveira /
  5. O tipo de greve que eu gosto. Por que é que todas não são assim?

    Gapre /
    • Gapre,
      Os metroviários de sp já fizeram essa ação uma vez, porém foram processados por causarem prejuízo à empresa. O trabalhador só possui a sua própria força de trabalho e é com ela que deve protestar, liberar a catraca seria usar a propriedade de terceiros para objetivos pessoais.

      rafael oliveira / (em resposta a Gapre)
      • Já falei aqui que transporte público é serviço essencial. A população simplesmente não deve ser punida com o atraso de salários dos funcionários do setor de transporte, pois não tem nada a ver com isso. Essa é uma questão entre o patrão e seus empregados. A empresa já sofre prejuízo se ficar sem ter seu transporte rodando. Aliás, essa é a intenção da greve, causar prejuízo ao patrão até que ele pague aos empregados seus direitos. O empresário já lucrou enquanto não deu aumento ou mesmo salário aos empregados, que ficaram no prejuízo e não processaram a ninguém. Enfim, acho muito justa a greve tipo catraca livre.

    • Gapre sempre causando!!! #foradilma #vivaaostrabalhadores #vivaaforçasindical

      Paulinho da Força / (em resposta a Gapre)

Deixe uma resposta