Trem de Carga

China opera primeira locomotiva híbrida de célula de hidrogênio

A primeira locomotiva híbrida de célula a combustível de hidrogênio da China, construída em conjunto pela CRRC Datong e a State Power Investment Corporation (SPIC), iniciou a operação na Ferrovia Jinzhou-Baiyinhua na Região Autônoma da Mongólia Interior.

O veículo terminou o desenvolvimento em fevereiro deste ano. A velocidade projetada da locomotiva chega a 80 km/h e pode operar continuamente por 24,5 horas com carga total de hidrogênio, com carga de tração de até 5.000 toneladas. Será usado na operação de manobra, busca e entrega da Ferrovia Jinzhou-Baiyinhua.

A energia de entrada da locomotiva é o hidrogênio e sua descarga é a água, gerando zero poluição e zero emissão. De acordo com os cálculos dos técnicos da fabricante, comparada com as locomotivas a diesel, a locomotiva reduz a emissão de carbono em cerca de 80 kg para cada 10.000 toneladas por km.

Se todas as linhas principais da ferrovia Jinzhou-Baiyinhua adotarem a tecnologia, cerca de 96.000 toneladas de emissão de carbono podem ser reduzidas a cada ano, o que equivale ao plantio de mais de 6 milhões de árvores. Além disso, não há necessidade de rede elétrica, consequentemente os custos de aplicação e manutenção serão menores em comparação com as locomotivas elétricas tradicionais.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios