Metrô

Passageiro que evitou desastre no Metrô de Nova York ganha ano de viagens grátis

No último dia 21 de setembro, um descarrilamento de um trem deixou algumas pessoas feridas no Metrô de Nova York, e acabou paralisando serviços metroviários. Mas, a ocorrência poderia ter sido pior, se um outro passageiro não tivesse trabalhado para minimizar os impactos da ação do primeiro usuário. As informações são do New York Post.

Rikien Wilder, o nome do presente que ajudou a evitar o pior, acabou recebendo um prêmio por sua atuação. Wilder foi recebido pelo presidente da MTA, Patrick Foye, e ganhou um ano de viagens grátis ilimitadas. “É uma história extraordinária de heroísmo de Nova York”, disse Foye sobre Wilder.

O passageiro estava esperando o trem na estação da 14th Street na manhã de domingo quando notou um homem espalhando detritos de metal na linha do trem. “Quando ele subiu, eu desci onde ele estava para ver o que ele estava fazendo e percebi que ele tinha algumas coisas colocadas em cima e ao lado da grade”, disse ele. “Tirei o que podia ver e saí de lá porque pude sentir a turbulência do trem chegando.” – afirmou.

Wilder então correu até o mezanino da estação para alertar um funcionário do MTA. Wilder acabou ajudando a prender o homem que espalhou peças nos trilhos.

A operadora não recomenda que os usuários desçam nos trilhos. Mas reconhece o ato heroico de Wilder, e então resolveu homenageá-lo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios