Foto: Humanoo
Metrô SP

Quais os bairros de Guarulhos que serão atendidos pela Linha 19-Celeste do Metrô?

Guarulhos é a segunda cidade mais populosa do estado de São Paulo, sendo a 13ª mais populosa do Brasil e a 53ª mais populosa do continente americano, com 1.365.899 habitantes, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018.

Uma ligação metroviária é muita aguardada, e o projeto da Linha 19-Celeste junto com a extensão da Linha 2-Verde, são as chances que o município tem de se conectar a malha sobre trilhos, além da Linha 13-Jade da CPTM.

O site Metrô/CPTM divulgou uma notícia em que fala sobre a contratação de estudos do solo para o projeto, e trouxe alguns detalhes do possível traçado e os bairros por onde deve passar o eixo metroviário.

De acordo com a publicação a Linha 19 deve cortar os bairros guarulhenses de Macedo, Vila Augusta, Vila Endres, Vila Itapegica, em Guarulhos, além de Jardim Julieta, Vila Medeiros, Jardim Japão, Vila Maria, Brás, Luz e o centro, na cidade de São Paulo.

Vídeo: Quando Guarulhos terá Metrô?

Projeto básico em 2020

O Projeto Básico do trecho deve ser contratado pelo Metrô ainda em 2020. O eixo de transporte entre Guarulhos e capital deve ter 15 estações e 19,4 km, de acordo com o Projeto Funcional. Após a preparação do Projeto Básico é possível a definição das fontes de recursos financeiros e contratação dos Projetos Executivos, que permitem o início das obras.

Possíveis estações e demanda prevista

Os estações atendidas serão: Anhangabaú, São Bento, Pari, Silva Teles, Catumbi, Vila Maria, Curuçá, Jardim Japão, Jardim Brasil, Jardim Julieta, Itapegica, Dutra, Vila Augusta, Guarulhos, Bosque Maia. A demanda diária prevista é de 526 mil passageiros.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    • Antes dessa extensão sugerida, deveriam estender a Linha 4-Amarela até Pari pra se conectar a Linha 19 Celeste.

      Eu gosto desse blog, mas o Renato traz notícias muito rasas e curtas.

      Não aprofunda no tema como faz o Blog Metro/CPTM.

      Sequer trouxe um desenho do traçado da linha para que possamos ver o trecho na prática.

      • Amigão essas notícias São sempre difíceis de dar.
        Guarulhos merece sim se conectar com as linhas de trem e metro mais isso é um sonho antigo e não será tão prox.
        Isso ainda é um estudo como diz a materia.
        Vai ser uma obra dificil pois não há espaço mais em Guarulhos.
        Oque resta a nós é aguardar

      • Também acho que a Linha Amarela deveria ser estendida até o Pari, diminuiria um pouco o movimento na Luz, aliás teve até projeto sobre isso, mas engavetaram sem maiores explicações.

      • Não acho que seja possível a continuidade da L4-Amarela pro Pari devido ao traçado, o hoje a linha termina apontada para nordeste, seria necessário uma curva muito absurda para trazer a L4 ao Pari, e de qualquer forma isso nunca será construído uma vez que a L4 serve basicamente para trazer passageiros pra Paulista e República, e República a L19 junto da L3 já servirão enquanto na segunda fase a L19 já vai ligar a Brigadeiro, eu acredito que a decisão mais acertada seria fazer a L19 até a Brigadeiro, mesmo que o custo a mais seja alto ,além de tudo para terminar a linha em terrenos do jardim paulista, resolveria todo esse problema de demanda e tiraria bastante passageiros da L1-Azul que se destinam a paulista e o centro

    • Simm. E incluir isso já nessa primeira fase da linha. Se isso acontecesse, somado a expansão da Linha até Tiquatira ou Guaiaúna, onde devem haver futuras conexões com novas linhas do Metrô, acho que nem seria necessário expandir a Linha 13 até o Brás ou à Chácara Klabin.

  • Poderia estender a linha 1 – azul (o lado norte) até o Aeroporto passando pelo centro de Guarulhos. Fazendo baldeação na estação Guarulhos com a linha Celeste.
    No lado sul, da linha 1 – azul, extensão até o SP Expo.

  • Esta é mais uma das múltiplas fanfarronices destes 26 anos de PSDB de SP, estes governantes são os das infindáveis obras incompletas e inacabadas como a Linha 15-Prata que era para estar concluída em 2014 e até hoje 2020 chegou até a metade, a insensatez de se colocar a 1ª estação da Linha 13-Jade a 1,3 km e a 3ª a 2,5 km de distância demonstra mais um despreparo e irresponsabilidade. Já estamos em 2020, e nada de túnel ou ponte Santos Guarujá que deveria incluir também espaço para uma linha de VLT – “Veiculo leve sobre trilhos”, e novamente é adiado o início da expansão da linha 2-Verde do metrô até Guarulhos, e não deve ter sua extensão concluída até 2026 se dependermos destes atuais governantes federais e estaduais.

    No Brasil não existe uma lei semelhante a das Responsabilidades Fiscais (mais conhecida como “Pedaladas fiscais”), que pune o governante que gasta mais do que arrecada, ou que repassa para o seu sucessor as dívidas contraídas no seu período de mandato e que burla a lei, por este motivo não acontece punição alguma para quem promete nas campanhas eleitorais com seus compromissos não cumpridos, pois isto não é considerado crime pelas leis brasileiras.

    Existiu um compromisso no passado de não se começar nenhuma linha nova sem antes concluir as que estavam iniciadas de forma concomitante, mas não se pode esperar isto dos “gestores”.

    O resultado disto são as inumeráveis obras incompletas e inacabadas e um infindável festival de dívidas contraídas no seu período de mandato, e que burla a lei, por este motivo não acontece punição alguma para quem promete nas campanhas eleitorais e não as cumpre.

Publicidade

Anúncios