Monotrilho

Metrô adia recebimento de proposta de novos trens para o monotrilho da Linha 17-Ouro

O Metrô de São Paulo adiou para o dia 7 de outubro a sessão pública para abertura das propostas para fabricação de 14 trens da Linha 17-Ouro do monotrilho.

As propostas deveriam ser entregues no dia 17 de setembro.  A empresa justificou em uma publicação no Diário Oficial nesta sexta-feira, 13 de setembro, o adiamento por conta de “efeito de validade temporal das certidões e documentos”.

O primeiro contrato previa que a Scomi forneceria o material rodante, mas a empresa acabou falindo.

Obras

O Metrô de São Paulo oficializou no último dia 11 de setembro a Constram Internacional Construções S.A. para finalização das obras das estações da Linha 17-Ouro.

O contrato prevê ainda a finalização da instalação das vigas trilhos, por onde vão circular os trens, além de outros itens como uma ciclovia no trajeto. O contrato é de 36 meses.

O monotrilho vai ligar o Aeroporto de Congonhas e a estação Morumbi, em conexão com a Linha 9-Esmeralda, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM.

Serão finalizadas as estações Congonhas, Brooklin Paulista, Jardim Aeroporto, Vereador José Diniz, Campo Belo (integração com a Linha 5-Lilás) Vila Cordeiro, Chucri Zaidan, e o Pátio Água Espraiada.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!