Doria autoriza empréstimos para monotrilhos e Linha 13 da CPTM

Foto: Sergio Mazzi

Publicação do Diário Oficial da conta de que um decreto autoriza contratação de empréstimos na ordem de R$ 2,32 bilhões de crédito no mercado nacional e internacional, para as linhas 13-Jade, 15-Prata e 18-Bronze.

Segundo o site Diário do Transporte, a medida é do ano passado e foi aprovado no início deste mês pela Alesp – Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

O aporte de recursos será destinado para finalização de obras, bancar desapropriações e fazer modernizações. Os recursos, no entanto, poderão ser usados em outros projetos.

Confira os valores:

  • Linha 15-Prata e Linha 13-Jade: R$ 922 milhões – com alteração da lei 1º da Lei nº 14.477, de 06 de julho de 2011.
  • Linha 15 – Prata (Trecho Vila Prudente – Hospital Cidade Tiradentes) e Linha 13-Jade (trem Guarulhos): R$ 800 milhões com alteração da Lei nº 14.921, de 27 de dezembro de 2012.
  • Linha 18-Bronze (monotrilho do ABC): US$ 182,7 milhões ou, alternativamente, até o valor de R$ 603 milhões – com alteração da lei nº 15.696, de 12 de março de 2015.

Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

2 Comentários deste post

  1. Linha 13 está pronta e funcionando e ainda precisa de 900 milhões ??

    Anderson / Responder
  2. Bom dia, falam da extensão da linha 13 até os terminais 2 e 3 e esquecem do terminal de cargas aonde existem pessoas que também depende do trem no dia a dia.E que precisam andar mas de 1KN para ultizar o trem,pois os ônibus que Gru Airport fornece só para no terminal 3.

    Joao Marcelo / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.