Internacional

Metro-North e o trem que roda em terceiro trilho e catenária

Imagens de Peter Ehrlich

Em um sistema de transporte sobre trilhos, a alimentação elétrica geralmente é diferenciada por duas tenologias distintas: a alimentação pelo terceiro trilho, a exemplo em parte do Metrô de São Paulo (Linhas 1, 2 e 3), Distrito Federal e Rio de Janeiro.

Existe também a alimentação por rede área, presente na CPTM, Linhas 4 e 5 do Metrô paulistano, além de outros sistemas brasileiros, como Trensurb e CBTU.

Esta diferença teoricamente impede que as composições que usam o terceiro trilho, trafeguem por ferrovias com rede aérea. Mas, um sistema dos Estado Unidos possuí tecnologia para trafegar pelas duas configurações: o Metro-North, um serviço ferroviário suburbano no estado de Nova Iorque administrado pela Metropolitan Transportation Authority (MTA), uma autoridade pública de transportes.

É considerada a malha ferroviária suburbana mais movimentada do país em termos de número de passageiros mensais. A linha de New Haven possui composições que utilizam tanto o terceiro trilho quanto a catenária. O trecho entre Woodlawn até Pelham com 4,8 km é dotado de terceiro trilho, enquanto a partir de Pelham por um trecho de 93 km, os trens trafegam sob a rede aérea.

Os trens trocam de alimentação em movimento, conforme o vídeo abaixo:

Algumas linhas da malha usam também trens a diesel, como o serviço leste de Hudson. A malha no total possuí 122 estações, cinco linhas que percorrem 620 km de trilhos. O Metro-North iniciou as atividades em 1983.

metro-north1

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!