SPTrans

Secretário de Transportes de SP diz que “espera por ônibus será de 2 minutos”

12181227Se perguntar para qualquer paulistano usuário transporte público, mais especificamente do ônibus, quais são as principais reclamações, entre elas a espera no ponto com certeza será muito bem lembrada.

A prefeitura de São Paulo, que sempre soube do problema,  promete tentar resolve-lo. O secretário de Transportes, Jilmar Tatto, disse que a meta da administração é que o passageiro aguarde apenas dois minutos o veículos em linhas que trafegarem por corredor de ônibus, com linhas troncalizadas, que liga um terminal ao outro e também nas faixas exclusivas, recém implantadas.

“Quando aumenta a velocidade, não precisa de excesso de linhas nem excesso de ônibus que o ônibus vai passar a cada dois minutos e passa”, disse.

A afirmativa não deixa de causar uma certa descrença em que lê esta notícia, já que o paulistano já cansou de tanta promessa, e a cada ano que passa, parece que o transporte fica pior. Tatto diz que “… é difícil, como a vida é difícil. Precisa ter computador de bordo, uma central que avisa o motorista que ele precisa acelerar ou diminuir um pouco mais, se ele estiver adiantado.”

O secretário ainda afirma que dependendo do corredor a espera pode variar entre dois e cinco minutos. “Você precisa tirar o que está atrapalhando o ônibus, às vezes um sinal mal programado. A vantagem do ônibus em relação ao metrô é que consegue um espaçamento entre um ônibus e outro menor do que o metrô”, diz o secretário.

Mas para colocar todo esse plano em ação, a prefeitura terá que vencer, além dos interesses de empresários que enxergam muito mais o lucro, que o confronto, parte da população, que ainda só vê o carro como único meio de locomoção em uma das metrópoles mais travadas do mundo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios