Doria diz que não irá voltar atrás de aumento na tarifa

O prefeito de São Paulo, João Doria, disse nesta quinta, 4, em entrevista a Rádio Eldorado que vai manter o preço da tarifa dos ônibus municipais a R$ 4 a partir do próximo domingo, 7, mesmo com a manifestação do Movimento Passe Livre agendada para o dia 11. Em 2013, o prefeito Fernando Haddad e o governador Geraldo Alckmin voltaram atrás depois de diversas manifestações. Naquela época o aumento também foi de R$ 0,20.

“Não vejo perspectivas de profunda adesão (a protestos), sobretudo na população mais sensível e que compreende que esses 20 centavos, além de facilitarem o troco, representam 30% abaixo da inflação acumulada em dois anos”. Se a correção fosse aplicada, o preço da passagem subiria para R$ 4,14.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.