Alckmin entrega 2 novos trens para a CPTM

Dois novos trens entraram em operação pela CPTM, nesta terça-feira (17). Eles estão integrados à frota composta agora por 22 composições novas, quinze delas utilizadas pelos passageiros que circulam na Linha 7 – Rubi (Luz-Francisco Morato) e sete no serviço Expresso Leste, na Linha 11 – Coral (Luz-Guaianases).

A entrega dos trens foi feita na Estação Luz pelo governador Geraldo Alckmin e pelo secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni. Eles também lançaram a 12ª Edição do projeto Livro Livre, de incentivo à troca e doação de livros entre os passageiros.

“Estamos entregando hoje mais dois trens da compra que fizemos de 65 composições novas. Entregaremos mais oito trens até dezembro. Nós vamos fechar o ano com 30 veículos novos, zero quilômetro”, comemorou Alckmin.

O governador descreveu a característica dos novos trens: “Cada composição tem oito carros, no total são 240 carros a mais. Trens com salão contínuo de passageiros, em que o usuário vai do primeiro ao oitavo carro com a composição em movimento. Além de conforto, segurança e ar-condicionado, os trens têm 30% a mais de motorização, com maior potência, frenagem, silêncio, iluminação interna e câmeras de vídeo. É o Governo do Estado investindo no transporte de alta capacidade e qualidade, que é a CPTM”, declarou Alckmin.

Monitores digitais internos para transmitir informações e notícias e equipamento eletrônico para reconhecimento do maquinista por meio de biometria, completam o pacote de equipamentos dos novos trens.

 

Fonte: CPTM


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

6 Comentários deste post

  1. Mais notícias boas para São Paulo.

    Felix / Responder
  2. Só nesta linha que precisa de trens novos…
    Enquanto isto a linha 10 só de trambolhões
    a hr que estes trens que hoje foi colocado na linha 11coral, estiverem
    com 5 a 10 anos de uso em péssimas condições, desgastados e cansados, aí resolvem
    colocar na linha “10” Turquesa…

    Santos / Responder
    • Santos, de que adianta colocar 1 único trem novo na linha 10 se ela precisa de 20 a 24 trens para substituir toda a frota? Colocar apenas 1 trem novo por mês não faria diferença e ainda por cima deixaria a linha mais lenta, dado que os trens atuais da linha 10 tem um desempenho muito inferior aos novos e iriam prejudicar a circulação dos novos. A Linha 10 precisa receber trens novos de uma só vez.

      Ivo Suares / (em resposta a Santos) Responder
  3. Foi pra qual linha exatamente? Não ta claro isso.

    Rodrigo Santos / Responder
  4. São os trens de outubro! Tradicionalmente entregando de um a dois trens novos por mês.
    (2 em junho… 1 em julho… 2 em agosto… 2 em setembro…)
    >> http://viatrolebus.com.br/2017/09/cptm-entrega-2-novos-trens-nexta-terca-26/#comment-62750

    Sendo assim, a previsão de conclusão da entrega dos 65 novos trens – faltam 43 – vai pular da promessa, que era dezembro deste ano (2017) para julho de 2019.

    Agora, se entregar mesmo mais 8 trens até dezembro, aumentaria INCRIVELMENTE a média de entrega de 2 para 4 por mês, e neste caso a entrega dos 65 trens seria finalizada em setembro de 2018, mês anterior ao das eleições.

    O.Juliano / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*