Justiça mantém velocidades dos marginais

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu manter a decisão de janeiro da desembargadora Flora Maria Nesi Tossi Silva que permite as veloicdades atuais das marginais Tietê e Pinheiros.

 

Em janeiro, a Ciclocidade entrou com um pedido para barrar o aumento das velocidades (para as que são hoje) e conseguiu um a liminar. Dias depois essa liminar caiu a e a Prefeitura conseguiu colocar em prática as novas velocidades.

 

Três desembargadores do TJ apreciaram a decisão da juíza na manhã desta quarta, 9, na 13ª Câmara de Direito Público, e decidiram validá-la.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.