Justiça anula contrato da CCR Barcas

A Justiça do Rio de Janeiro julgou procedente um pedido de anulação do contrato do Governo do Rio de Janeiro para a concessão das barcas para a CCR de 1998. Com isso, o serviço deve ser passado ao foverno estadual sem indenização a concessionária. A determinação diz ainda que uma nova licitação deve ser feita em até 2 anos.

 

A decisão foi obtida no contexto de uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro em face do governo e da CCR Barcas.

 

A decisão cabe recurso e a CCR tomará todas as medidas cabíveis. A CCR Barcas correspondeu a 1,49% da receita líquida em 2016 e 1,34% do resultado do primeiro trimestre deste ano.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*