Investimento em obras do Metrô de SP cai 30%

O valor gasto com obras do Metrô de SP caiu 30% em 2016 comparado com 2015, como mostra o balanço da estatal. O investimento ano passado foi de R$ 2,34 bilhões. Em 2015, o aporte foi de R$ 3,3 bilhões, em valores corrigidos pela inflação.

 

Segundo o Metrô, a queda do valor refere-se a diversos aspectos. As obras da linha 5 –lilás chegou emu ma etapa que exige menos recursos. Está previsto a entrega de 9 das 10 estações este ano. Foram gastos R$ 1,2 bi para este ramal.

 

A paralisação das obras da linha 4 – amarela e 17 – ouro durante o ano passado contribuiu para menos gastos. No ramal amarelo as obras foram retomadas no segundo semestre de 2016. O mesmo para parte da linha 17. Foram gastos R4 147 milhões na linha 4 e R$ 137 milhões na linha 17. As estações Oscar Freire e Higienópolis –Mackenzie, da linha amarela, devem ser entregues este ano.

 

Já o monotrilho da linha 15 – prata recebeu R$ 518 milhões de investimentos em 2016.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

33 Comentários deste post

  1. Agora com a crise, a desculpa tem da onde sair, mas 20 anos não.

    Rodrigo Santos / Responder
  2. Eu prefiro dizer que o Governo de São Paulo investiu 70% nas o obras do Metrô em relação a 2015. Uns vêem 1/2 copo vazio, prefiro ver 1/2copo cheio. Tem Estados que nem investindo estão.

    Felix / Responder
    • tudo tem seu ponto de vista e o que já disse antes, Números vc bate neles, mexe, remexe e sai o que quer..

      Alexandre i / (em resposta a Felix) Responder
    • Deve ser o Alckmin postando com uma conta fake, por que pra defender assim, mais de 20 anos com poucos km de metrô e só denúncia de corrupção eu me nego a acreditar que foi um simples assalariado que escreveu.

      Gabriel Rezende / (em resposta a Felix) Responder
      • Pior é ver cidades que começaram junto com São Paulo com uma rede muito maior.

        Alckmin é tão incompetente que não serviu nem para pressionar o governo federal do seu proprio partido na era FHC para liberar vultosas verbas para o metrô paulista, como ocorreu no México, hoje com 252km de Metrô.

        Até o PT priorizou mais o transporte publico na era municipal nos mandatos da Marta e do Haddad do que na era Serra/Kassab e olha que eu não voto no PT de jeito algum. Mas tenho que reconhecer que o Bilhete único e os grandes corredores de onibus foram iniciados na gestão da Marta, ficaram parados na gestão do Serra/Kassab e voltou com tudo no Haddad. E a melhoria do sistema de onibus NÃO veio na gestão do PSDB, mas sim no odiado PT….

        Mas ele não usa o metrô ou ônibus nos horários de pico…..

        • Quais cidades começaram antes de São Paulo e tem mais Metrôs? Exclui da listas as Capitais dos paises, pois estas centralizam todo dinheiro do País. É o mesmo que dizer que o Policial Militar do Distrito Federal ganha 6.000,00 mas quem paga a conta é o Governo Federal, ou seja, todos Estados, e não o Governo do DF.

          Felix / (em resposta a Renato) Responder
          • FALÁCIA!

            Metrô de Brasilia manda lembranças…mini metrô xD

            Renato / (em resposta a Felix)
          • Ok, Felix, vamos aos números.

            Primeiro, selecionei 12 redes de metrô no mundo maiores que a de São Paulo, capital ou não, construídos IGUAL ou DEPOIS de SP e exclui qualquer cidade chinesa:

            Cidade, País: capital ou não capital? / quantidade de quilômetros e data “desde”

            1- Seul, Coreia do Sul: Capital e maior cidade / 331 km desde 1974
            2- Deli, Índia: Capital e 2ª cidade mais populosa / 213 km desde 2002
            3- Washington, EUA: Capital e 12º mais populosa / 188 km desde 1976
            4- Singapura, Singapura: Cidade-Estado com população de 5mi / 170 km desde 1987
            5- Busan, Coreia do Sul: Não é capital nem maior cidade do país / 160 km desde 1985
            6- Istambul, Turquia: Não é capital porém cidade mais populosa / 145 km desde 1989
            7- Teerão, Irã: Capital e maior cidade / 135 km desde 1999
            8- Taipé, Taiwan: Capital e 2ª cidade mais populosa / 131 km desde 1996
            9- Kuala Lumpur, Malásia: Capital e maior cidade / 114 km desde 1996
            10- Santiago, Chile: Capital e maior cidade / 103 km desde 1975
            11- Daegu, Coreia do Sul: Não é capital nem maior cidade do país / 81 km desde 1997
            12- Vancouver, Canadá: Não é capital nem maior cidade do país / 79 km desde 1985

            Agora trazendo para a nossa realidade, já que, como você diz, a capital do país sempre é favorecida por receber todo e qualquer dinheiro do Governo Federal, dados gerais do Brasil:

            1- São Paulo, Brasil: Não é capital porém cidade mais populosa / 78 km desde 1974
            2- Rio de Janeiro, Brasil: Não é capital e 2ª cidade mais populosa / 58 km desde 1979
            3- Porto Alegre, Brasil: Não é capital nem maior cidade / 43 km desde 1985
            4- Brasília, Brasil: Capital e 3ª cidade mais populosa / 42 km desde 2001
            5- Recife, Brasil: Não é capital nem maior cidade / 39 km desde 1985
            6- Belo Horizonte, Brasil: Não é capital nem maior cidade / 28 km desde 1986
            7- Salvador, Brasil: Não é capital nem maior cidade / 12 km desde 2014

            Enfim, essa relação de que a capital é sempre a mais favorecida do país não é válida, uma vez que isso depende de vários outros fatores como por exemplo se é a cidade mais populosa, se é a cidade onde há mais necessidade, aspectos comerciais e empresariais, etc. etc. e etc..

            No Brasil, assim como nos EUA, temos uma cidade que foi feita para ser a capital do país, diferente de outros países onde adotaram uma capital sendo uma cidade já populosa e/ou com muita importância para o país.

            A questão não é ficar tentando achar um padrão mundial pois o mundo é muito heterogêneo e apenas uma distorção pode acabar com qualquer padrão (a China, por exemplo). A questão é assumir a incompetência dos governos de SP por todos esses anos em não priorizar o transporte público DE VERDADE para oferecer melhores condições e, obviamente, promover o menor uso do transporte individual.

            O.Juliano / (em resposta a Felix)
          • O.Juliano. Vc mencionou inumeras Capitais do Brasil em que o Metro pertence ao Governo Federal, Transurb.Portanto não foi construido e nem administrado pelo Estado.Outra coisa, inúmeras cidades e Capitais que vc demonstra mais de 200km de trilhos não existe duas redes de trinhos, tudo e5considerado Metro,só São Paulo tem Metro 90Kms mais 250 Kms de CPTM.Rio de Janeiro tambem foi verba Federal para atender Copa do Mundo e Olim Piadas.

            Felix / (em resposta a Felix)
          • Felix, não importa quantas desculpas você seja capaz de arrumar para justificar o injustificável, os dados atuais são estes. Se prefere viver no seu mundo da fantasia, a escolha é sua.

            O.Juliano / (em resposta a Felix)
          • Sobre pertencer ao Governo Federal: não me importa a quem pertence, não foi feito, por isso eu mencionei que a incompetência é dos GOVERNOS , que seja do federal, estadual e municipal ou todos juntos. Por que outros países avançam de alguma forma e o nosso quer avançar de outra?

            A briguinha entre PSDB x PT por exemplo já nos atraso há quantos anos? Porque o presidente é PSDB dificulta verba para governos petistas, quando o governo é petista dificulta para os governos peessedebistas. Isso já deu! O povo devia se mexer a começar pelo mais BÁSICO que é votando certo e em alguém novo, fora desse círculo vicioso. Mas infelizmente o que as pesquisas mostram ainda são forças muito grandes de PSDB e PT, além de outras aberrações como Bolsonaro.

            O.Juliano / (em resposta a Felix)
      • Pois é vc acertou uma, sou um simples assalariado, só que sei analisar um boa Gestão. Para o próximo ano de eleição gostaria de sugestão de um melhor candidato, pessoas que já fizeram gestões com sucesso, não vale indicar falastrões que prometem sonhos e entregam pesadelos, verdadeiros vendedores de ilusões que nunca administraram nada em suas vidas.

    • Enquanto isso, em obras viarias na cidade e no Estado, prioridade total com vários bilhões a mais. Cansei de ver o Alckmin inaugurando duplicações de rodovias, novas rodovias, pontes e viadutos Estado afora…

      Continua votando no PSDB de 1 km de metrô por ano…

      25 anos de PSDB com apenas 78km de metrô hahahah
      Santiago que é menos da metade do tamanho tem mais que o dobro de metrô que SP….e começou na mesma epoca!

      Mas como você deve ser bem pago para vir vomitar asneiras aqui e só anda de carro, é facil defender o partido dos carrocratas né

      Mas um dia a casa caí…Principalmente qdo a Lava Jato chegar em peso no PSDB!

      Tem TROUXA para tudo!

      Tiago / (em resposta a Felix) Responder
      • As estradas que vc tem visto são pagos com as outorgas das estradas pedagiadas, ex: A Empresa ganhadora da concessão da Tamoios tem que fazer o contorno de Caraguatatuba e a duplicação no trecho da serra, logo logo será inaugurada, não é dinheiro que deveria ir para outras áreas do Governo, isso chama-se competência. Se Vc entrar no Portal do Governo de São Paulo verá tudo que está sendo feito em todas as áreas.O Programa Córregos Limpos da Capital voltou depois de ser paralizado desde 2013 por não ter a continuação negociada com o ex prefeito.

        Felix / (em resposta a Tiago) Responder
      • não rapaz, um pouco mais…2km por ano…hahahahahaha

        haroldo / (em resposta a Tiago) Responder
    • Tô pouco me lixando com o que faz ou deixou de fazer os outros estados, o assunto é SP, o assunto é nivel municipal….

      Marcelo / (em resposta a Felix) Responder
  3. Sou totalmente contra o governador de São Paulo, acho ele um picareta de marca maior, mentiroso mas o metro do México é uma piada de mau gosto, já estive lá duas vezes, tudo bem que isso já faz algum tempo, foi em 2003 mas o nível das composições é de dar dó. As janelas estão todas arrebentadas, sujeira pra todo lado, não tinha sistema de refrigeração, prostituição e tráfico de drogas correm solto dentro das estações, já houveram diversos homicídios dentro, etc. Não que o de São Paulo não ocorra isso, tivemos recentemente o caso na estação Pedro II mas aqui, podemos dizer que foi caso isolado, as composições são renovadas constantemente, portanto, há manutenção. Querendo ou não o metro de São Paulo é o melhor da América Latina, também conheço o de Santiago e de Buenos Aires e não tenho a menor dúvida quanto a isso

    Rodrigo / Responder
    • Isso ai é problema de má gestão, o que não tira o merito de ter uma malha grande. Foi feito as linhas.

      O metrô de NY nos anos 80 era pior que a CPTM da decada de 90. Ai melhorou a gestão e hoje está muito melhor, assim como a CPTM também teve suas melhorias…

      A diferença é que o metrô de NY tem hoje uma gestão boa, enquanto a CPTM continua ruim….

      De nada adianta o Metrô de SP ter qualidade, eficiencia e ISO 9001, mas continuar com uma rede pífia para o tamanho da cidade.

      Renato / (em resposta a Rodrigo) Responder
    • Sou muito mais o metrô velho da cidade do México praticamente em cada esquina (e muito mais barato do que o de SP, por sinal) da cidade, do que a meia dúzia de estações moderninhas daqui

      Gapre / (em resposta a Rodrigo) Responder
  4. É fácil, mudem o federalismo oportunista que rouba 92% do dinheiro dos paulistas e vocês verão o tamanho que ficará a nossa malha metroviária…

    Ed / Responder
    • Perfeito.

      Felix / (em resposta a Ed) Responder
    • Se referindo ao povo de SP em terceira pessoa, Ed Lascar esse povo que sai de qualquer buraco e quer separar SP do Brasil

      Gapre / (em resposta a Ed) Responder
      • não, rapaz, são paulo fica no centro do universo…hahahahaha

        haroldo / (em resposta a Gapre) Responder
        • kkkkkkkkkkkkkkkk, pior que ele deve achar isso mesmo

          Gapre / (em resposta a haroldo) Responder
        • Não, SP fica apenas no centro de um país cheio de estados deficitários e corruptos cuja economia depende da nossa para alimentar sua máquina de funcionários públicos.

          Ed / (em resposta a haroldo) Responder
        • Gostaria que alguém aqui me mostrasse alguma metrópole mundial que tenha construído sua rede de metrô apenas com recursos regionais, como São Paulo. Simples assim…

          Ed / (em resposta a haroldo) Responder
          • Qual diferença isso faz?

            Pense além, o problema não é de SP, é do país, qual todos fazemos parte.

            Não teríamos que pensar em SP separado do país, mas sim primeiramente que o país inteiro melhore e SP consequentemente.

            Agora retomando o tema em questão, Então o que você propõe para mudar o quadro de SP receber apenas aprox. 8% daquilo que entrega em recursos financeiros e o Brasil ainda conseguir equilibrar as contas? (Mas falando racionalmente e sem ideias utópicas)

            O.Juliano / (em resposta a Ed)
      • Quem sai de qualquer buraco é você que nem paulista é. Pensa que engana alguém aqui? Fala mal de tudo de SP pois do buraco de onde veio não tem um mínimo de estrutura e nem sabe o que fala. E aí, ainda empenhado na linha de VLT entre Brooklyn e Queens “passando” por Manhatan, ha, ha, ha, como já escreveu em um post aqui no Via Trolebus? Quem presta atenção nas besteiras que escreve aqui sabe que não entende de coisa alguma de SP e apenas expõe sua revolta porque o povo daqui jamais colocará no poder seus bandidos de estimação…Conforme-se…

        Ed / (em resposta a Gapre) Responder
  5. uma dúvida…
    Com a conclusão das linhas 4 e 7 já é possível prever redução na demanda por ônibus?
    Eu por exemplo ja trabalhei moro em Santo André e trabalhava no Jd. São Luis (CENESP).
    Costumava pegar o onibus terminal capelinha (ANA ROSA x TERM CAPELINHA), neste caso eu não precisaria mais do ônibus.
    Iria direto da Chacará Klabin ou até mesmo da Santa Cruz até a estão Giovanni Gronchi, ganhando ao menos 40min.

    Vítor P. Gabriel / Responder
    • escrevi correndo e tudo errado, desculpem.

      Vítor P. Gabriel / (em resposta a Vítor P. Gabriel) Responder
    • a demanda por ônibus ao meu ver sempre vai ocorrer uma vez que as baldeações não costumam ser muito boas e afastam usuários ao menos pra mim me afasta baldeações extensas e apertadas. no geral vai optar pelo melhor custo benefício, o cenesp por exemplo ficou de fora da linha lilás, ficou entre as duas estações sto amaro e Giovanni gronchi, ou caminha com algum risco ou pega um ônibus do terminal, voltando entra o custo/benefício.

      Alexandre i / (em resposta a Vítor P. Gabriel) Responder
  6. Esse Felix mds

    Rodrigo Santos / Responder
  7. Com grande parte do investimento sendo feito pelo poder público, é óbvio que em momento de crise ia cair. E acrescentando que as empresas que tinham parte nos investimentos são as “ilibadas” Odebrecht, OAS, Camargo Correa, sempre com o BNDES no meio.

    Bruno Massolini / Responder

Deixe uma resposta para Marcelo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*