Poluição só vai cair com menos carros, diz estudo

Foto: Robson Fernandjes | Fotos Públicas

Replantio de árvores e a introdução de ônibus com combustíveis limpos são ações bem vindas ao meio ambiente das cidades, sobretudo em São Paulo. Mas somente a redução da frota circulante de carros será capaz de diminuir a poluição atmosférica.

É o que diz a tese de doutorado do pesquisador Júlio Barboza Chiquetto, da USP (Universidade de São Paulo). “Para reduzir poluição, só tem uma maneira: tem que reduzir as emissões. No caso do ozônio, reduzir emissões veiculares”, diz Paulo Artaxo, pesquisador e membro do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

O estudo fez simulações na qual toda a mancha urbana se transformava em floresta com o mesmo número de carros. Ainda sim o impacto na poluição não foi tão forte quanto nos cenários em que se manteve a mancha urbana com a diminuição da frota de veículos.

Em 2015, 8 milhões de automóveis e 1,7 milhão de motocicletas compunham a frota, segundo a Cetesb (Companhia Ambiental Do Estado De São Paulo), das regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Sorocaba, além de aglomerações urbanas importantes como Jundiaí, Bragança Paulista e Piracicaba. Isso representa 75% da frota de todo o Estado de São Paulo.

Com as informações de Uol


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.