Governo de SP licita ampliação da Hidrovia Tietê-Paraná

Fotos: A2img / Gilberto Marques

O Governo do Estado de São Paulo autorizou a licitação para obras para ampliação do Canal de Nova Avanhandava, no trecho paulista da Hidrovia Tietê-Paraná.

“Essa hidrovia é estratégica para o meio ambiente, porque tira caminhão da estrada, tinha óleo diesel e melhora a logística. Com isso, o custo de transporte chegar a 30% mais barato”, disse o governador Geraldo Alckmin.

O transporte hidroviário constitui e um importante eixo de exportação que atende os estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná.

As obras devem ampliar em 2,4 metros, o reservatório de Três Irmãos, em 10 quilômetros da hidrovia. Com isso, haverá uma maior flexibilidade na operação das hidrelétricas de Três Irmãos e Ilha Solteira sem interferir na navegação.

As construções podem ser iniciadas em julho deste ano. A metodologia construtiva empregada será por meio de escavação submersa (derrocamento) e a seco (céu aberto).

hidrovia-tiete-parana


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

11 Comentários deste post

  1. Mais uma grande Obra do Estado de São Paulo. Parabéns aos produtores de São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná.

    Jardel Tales / Responder
  2. Jardel Tales, quanto o governo está te pagando para puxar o saco?

    JONAS BARROS / Responder
    • Jonas Barros, não fique preocupado, eu não necessito disso, aliás já sou bem resolvido.Valorizo tudo que o benefício é muito maior que o custo.Essa é uma grande obra que é necessária para o Estado.Acho que vc deveria fazer comentários úteis sem ofender os demais comentaristas, isso em nossas vidas só atrai bons fluídos.

      Jardel Tales / (em resposta a JONAS BARROS) Responder
  3. Hoje em dia elogiar qualquer iniciativa de governante é visto como politicagem. A que ponto chegamos.

    LVXC mentor / Responder
    • Qualquer não é politicagem… Mas todas… É sim… E esse modal é de extrema importância sim. Mas infelizmente depende e muito de fatores externos como seca e depende de infra e fiscalização das margens dos rios…

      Alexandre i / (em resposta a LVXC mentor) Responder
  4. A ampliação da hidrovia Tietê-Paraná aumentará ainda mais a capacidade de navegação, que já evita cerca de 100 mil viagens de caminhões. As obras anunciadas pelo governador Geraldo Alckmin beneficiam além de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná. Conecta áreas de produção aos portos marítimos e serve os principais centros do Mercosul.

    Welbi Maia Brito / Responder
  5. Bacana.

    Rodrigo Santos / Responder
  6. Vale lembrar que a Hidrovia Tietê-Paraná, teve seu projeto desenvolvido na década de 70, no governo de Laudo Natel. E foi construída durante os governos Montoro/Quércia/Fleury, e inaugurada em 1992.

    Paulo Santos / Responder
    • Em 2012 foi iniciado um trabalho de ampliação e melhoria da hidrovia, com benfeitorias orçadas em R$ 1,5 bilhão, com um convênio firmado entre o governo do estado de São Paulo e o governo federal. O objetivo era modernizar e ampliar a navegação na hidrovia, no trecho paulista. Deste montante, R$ 900 milhões foram provenientes do PAC 2 e R$ 600 milhões do governo do estado. O pacote contemplou a construção da barragem de Santa Maria da Serra, ampliando a navegação em 55 km, até o distrito de Ártemis e a extensão de 200 km entre os municípios de Anhembi e Salto, com a construção de cinco barragens.[9]
      Fonte: Wikipedia.

      Jardel Tales / (em resposta a Paulo Santos) Responder
  7. Fantástico !! Tomara que saia mesmo !!
    Espero um dia o tiete em SP ficar navegável, seria o último passo deste ambicioso projeto do Alckmin.

    fabio / Responder
  8. A hidrovia é ima das grandes opções de transportes de nosso estado. Parabéns ao governo pelos investimentos.

    Ed / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*