Ônibus

Expreso Ormeño, do ônibus entre Brasil, Peru e Colômbia, abre falência

A empresa Expreso Internacional Ormeño abriu falência, de acordo com publicações internacionais, entre elas o jornal La República.

A operadora era peruana, e seus ônibus cortavam países da América Latina. Era possível, por exemplo, ir de ônibus do Rio e São Paulo até a Colômbia. É considerada como a maior rota de ônibus do mundo. São 14 mil quilômetros em 10 dias de viagem. Haviam outras rotas, como São Paulo e Buenos Aires.

O jornal diz que “a simpática frota de veículos deixou de circular quando surgiu a má gestão administrativa.”. Joaquín Ormeño Cabrera foi um empresário de sucesso na área de transporte interprovincial. Sua fama aumentou em 1977, quando decidiu ampliar a rota de seus ônibus e ser o primeiro a adquirir veículos de dois andares para iniciar a rota de Lima a Buenos Aires.

Em 2020, o Via Trolebus entrevistou um casal que percorreu o trecho entre São Paulo e Cusco, no Peru:

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios