Foto: Samuel Rocha
SPTrans

Passageiros se queixam da falta de limpeza em ônibus de São Paulo

Com a pandemia em curso, o uso do transporte passa a ser uma preocupação para todas as pessoas que precisam se desloca. Passageiros do sistema de ônibus de São Paulo têm reclamado da falta de limpeza dos coletivos nas redes sociais. Em uma rápida busca no twitter, por exemplo, é notado as queixas:

SPTrans diz que veículos são higienizados

Em um comunicado em seu site, a SPTrans diz que “todos os ônibus do sistema municipal de transporte coletivo público são higienizados de forma preventiva nas garagens, antes de iniciarem suas viagens.

De acordo ainda com a gerenciadora do transporte paulistano, quando os primeiros passageiros embarcam, o veículo deve estar totalmente limpo e desinfetado. A limpeza mais pesada, realizada na madrugada, é de responsabilidade de cada empresa operadora.

A SPTrans afirma ainda que “nos terminais há equipes especializadas para reforçar a limpeza ao longo do dia, nos intervalos entre as viagens, com produtos específicos e tecnologia avançada. Esse reforço na limpeza prioriza os locais onde há contato mais frequente dos passageiros, como balaústres, corrimãos e assentos“.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • E mentira da Sptrans os veiculos na sua maioria não são higienizados, e tem uma linha a 407K que alem de so ter ônibus velhos eles ainda são imundos, fora os seus intervalos de 20 minutos, não foi o Doria que disse que intervalos maiores que 15 minutos eram inadimissiveis, gostaria de saber o que o prefeito Covas acha disso?

Publicidade

Anúncios