TAV

Tailândia vai ganhar trem de alta velocidade em 2023, e já articula segunda linha

A State Railway of Thailand (SRT) passou a estudar a viabilidade para uma nova seção ferroviária com 190 km ao custo de US $ 3,2 bilhões de dólares, para seu projeto ferroviário de alta velocidade. O trabalho deverá ser concluído no próximo mês e será submetido ao gabinete tailandês no próximo ano.

A linha ligaria a província de Rayong, via Chanthaburi, até Trat, na fronteira sudeste da Tailândia com o Camboja, e poderá ter composições viajando até a 250 km/h.

As análises serão desenvolvidas para assessorar a SRT no planejamento de um plano de investimento público-privado em 2022 antes do início da licitação para construção da linha em 2024.

Entre as opções estudadas estão o modelo em que uma empresa privada investiria em obras civis, trens, infraestrutura ferroviária, operação e manutenção, enquanto a SRT alocaria terrenos. Outra opção seria uma empresa privada é responsável apenas pela operação e manutenção, e a SRT será responsável por todos os outros trabalhos.

A extensão se conectará à Fase I do projeto de comboios rápidos em construção, que ligará os três aeroportos de Bangkok, o Don Muang, Bangkok Suvarnabhumi e Rayong U-Tapao International, e está prevista para ser inaugurada em 2023.

Os serviços devem melhorar a velocidade e a capacidade das ligações ferroviárias no leste da Tailândia, promovendo o turismo e o transporte ferroviário de mercadorias nas províncias do leste.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios