Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Julgamento que pode liberar obras do monotrilho da Linha 17 será em julho

O governo de São Paulo finalizou uma licitação de obras complementares do monotrilho da Linha 17-Ouro, mas o contrato acabou sendo barrado na justiça. Faltam finalizar os trabalhos nas paradas, com exceção da estação Morumbi, além de obras nas vias e pátio.

De acordo com uma publicação do site Metrô/CPTM, o processo será julgado pela 2ª instância no dia 15 de julho, o que a depender da decisão, pode liberar o processo de construção do eixo de transporte que teve início de obras em 2012. Era prometido para a copa do Brasil em 2014, e agora é esperada para abrir durante a copa do Catar em 2022.

Se liberado os trabalhos, o Metrô ainda terá que resolver mais uma pendência nas justiça: a suspensão do contrato de fornecimento de 14 trens, vencido pela BYD. A primeira colocada acabou sendo desclassificada, e recorreu da decisão.

Quando for entregue à população, o monotrilho da Linha 17-Ouro terá oito estações, 7,7 quilômetros de extensão e ligará o Aeroporto de Congonhas à estação Morumbi, em conexão com a linha 9-Esmeralda da CPTM.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios