Aviação

Empresa Aérea dos Estados Unidos pode proibir passageiros sem máscara

JetBlue Airways, uma companhia aérea de baixo custo estadunidense com sede no bairro de Queens, Nova Iorque, pode proibir passageiros de utilizarem seus serviços que não usarem as máscaras em seus voos. Um executivo da companhia aérea diz que todos os usuários precisam usar o equipamento facial enquanto voam na companhia aérea.

“Sabemos que as máscaras não são ótimas para usar. Estamos pedindo a todos os nossos clientes que usem máscaras faciais. Nossos tripulantes a bordo são surpreendentes em convencer as pessoas a fazer coisas que elas não querem, por isso as treinamos em como gerenciar conflitos. Se você quer sentar lá e simplesmente não usá-lo, então, infelizmente, teremos que revisar se queremos que essa pessoa voe no JetBlue novamente” – afirma o CEO da JetBlue, Robin Hayes.

O executivo pode estar se referindo a uma espécie de lista de “persona non grata” de passageiros que causam algum tipo de desconforto ou pertubação em voos.

Atualmente, diante da pandemia de COVID-19, as recomendações sobre o uso dos protetores acabaram sendo adotadas em toda a parte, de forma que é recomendada a utilização de máscaras de qualquer tipo, a fim de evitar a propagação da doença.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios