Trólebus

Trólebus de Santos tem princípio de incêndio

Na manhã desta terça (08/10/19), um dos 6 Trólebus que operam na cidade, teve um princípio de incêndio durante seu trajeto na Avenida Ana Costa, no bairro do Marapé, na Cidade de Santos.

O veículo de prefixo 5302 (não-modernizado), parou em frente ao “Lar das Moças Cegas” com princípio de incêndio, na pista sentido praia da Avenida, sendo atendido por um caminhão dos bombeiros e um veículo da Polícia Militar. Segundo Fernando Macedo, leitor do Via Trólebus, que presenciou o ocorrido, o veículo que teve algumas partes do veículo queimadas, já foi rebocado para a garagem e a circulação dos veículos foi retomada. O incidente não teve feridos.

Os trólebus de Santos pertencem à Prefeitura de Santos e foram “desapropriados” em 2015, transferindo a propriedade para a municipalidade e dando à Piracicabana, antiga proprietária, somente a responsabilidade de operação e conservação dos 6 veículos.

Os veículos, fabricados em 1988 pela extinta Mafersa (Materiais Ferroviários S.A.) em São Paulo e operam desde então na cidade litorânea. Com 31 anos de circulação, ainda não há previsão de renovação de frota.

Veículo sendo rebocado para a garagem. Nota-se a mancha escura no pavimento. Foto de Fernando Macedo.

 

Sobre o autor do post

Rodrigo Lopes

Paulistano, formado em Logística e graduando de Tecnologia em Transporte Terrestre, sempre gostou de transportes e tudo o que envolve a mobilidade, transportes e planejamento urbano. Participa de projetos relacionados a preservação ferroviária, transporte não poluente e gestão pública. Criador do Boletim do Transporte em 2011, desde Abril de 2018, colabora com o Via Trólebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios