Foto: Masakatsu Ukon
Aviação

Falha em motor no Boeing 777 faz FAA emitir verificações de emergência

Uma falha ocorrida em um motor de um Boeing 777-300ER da Thai fez com que órgãos da aviação internacional emitissem documentos pedindo a verificação de aeronaves no mundo tudo, de acordo com uma publicação do site Flight Global. Os operadores de alguns modelos estão sendo obrigados a realizar verificações do motor General Electric GE90.

Os reguladores da FAA dos EUA emitiram uma diretiva de aeronavegabilidade de emergência que, apesar de não mencionar especificamente o tailandês, refere uma falha não contida da turbina de alta pressão GE90-115B.

O comunicado diz que a decolagem foi abortada como resultado e que detritos atingiram a fuselagem da aeronave e seu outro motor. A diretiva exige a remoção, em 25 ciclos, dos componentes rotativos de vedação entre os estágios dos motores com oito números de série específicos.

No Brasil, a Latam conta com 10 unidades do modelo 777-300ER, no entanto não há informações de que a operadora foi notificada das revisões nos componentes.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios