BRT

O que se sabe sobre o BRT substituto do monotrilho da Linha 18?

No último dia 3 de julho, o governo do Estado de São Paulo anunciou a extinção da Linha 18-Bronze, que seria atendida por monotrilho. Entre os motivos estavam o custo da obra.

A solução dada é um sistema de corredor de ônibus do tipo Bus Rapid Transit – BRT, e o secretário dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, deu alguns detalhes de como será o projeto. As declarações foram dadas durante encontro com prefeito das região do ABC:

  • Obras serão iniciadas em no primeiro semestre de 2020;
  • O traçado será do ABC até o Sacomã, e não mais até Tamanduateí;
  • Previsão de entrega de 2022;
  • Valor da obra será de R$ 860 milhões;
  • Detalhes do traçado e da concessão ainda serão definidos;
  • O prazo para estes detalhes é até dezembro deste ano;
  • O BRT não terá interferência do trânsito local, ou seja, poderá ser totalmente segregado;
  • Terá a capacidade de atender a demanda atual de 175 mil passageiros por dia;

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!