VLT

Queiroz Galvão é selecionada para implantar segunda fase do VLT da Baixada Santista

A Queiroz Galvão foi selecionada para implantação da segunda fase do Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT da Baixada Santista. A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos classificou dez empresas ou consórcios para os trabalhos.

A proposta da Queiroz Galvão foi selecionada como a melhor opção, com R$ 271,7 milhões. Ao todo foram dez propostas classificadas.

A segunda fase do VLT terá oito quilômetros e 14 estações entre a Avenida Conselheiro Nébias e o Valongo, em Santos. São esperados R$ 30 mil passageiros por dia no trecho. A previsão de entrega das obras é até o final de 2022.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Tomara que um dia esse VLT ultrapasse o limite da ilha e chegue do outro lado do canal do porto próximo ao futuro aeroporto de Guarujá e ao sul chegue em praia grande.
    Se um dia isso acontecer, pode ter certeza que nossa baixada vai virar um polo turístico tão pujante quanto Florianópolis, Rio de Janeiro etc.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!