Aviação

Boeing 737 MAX pode fazer voos de certificação em outubro

A Administração Federal de Aviação (FAA) trabalha para iniciar a realização de voos de certificação para o Boeing 737 MAX a partir de outubro, o que pode abrir caminho para a volta da operação da aeronave no quatro trimestre de 2019.

Os trabalhos foram concentrados nas mudanças que foram feitas no software que levaram o avião a mergulhar inesperadamente. Um problema com o sistema MCAS da aeronave resultou em dois acidentes fatais que mataram 346 pessoas com apenas cinco meses de intervalo.

Durante o aterramento do MAX, os engenheiros da Boeing têm respondido a perguntas e trabalhando em centenas de consultas levantadas pela FAA e outros órgãos reguladores em todo o mundo.

A fabricante de aviões de Seattle também está mantendo os clientes que utilizam o 737 MAX atualizados sobre todos os desenvolvimentos mais recentes e seus planos para que os cerca 600 aviões aterrados, voltem a operação.

Na América do sul, a Gol e a Aerolíneas Argentinas utilizam o modelo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!